Covid-19: Reino Unido convoca Exército e pede moradores em casa

Até agora, 281 britânicos morreram de infecção pelo coronavírus

Publicado em 23/03/2020 - 13:08 Por Kate Holton e Sarah Young, da Reuters - Londres

O Reino Unido convocou o Exército para entregar equipamento de proteção a hospitais nesta segunda-feira (23) e orientou as pessoas a ficarem em casa e ouvirem os alertas sobre distanciamento social, ou o governo adotará medidas mais extremas para deter o surto de coronavírus.

Como alguns médicos dizem que estão se sentindo como "bucha de canhão", o governo afirmou que os militares ajudarão a enviar milhões de itens de equipamento de proteção pessoal (PPE), incluindo máscaras, a agentes de saúde que se queixam de escassez.

Até agora, 281 britânicos morreram do coronavírus, e nos últimos dias as autoridades do país aceleraram rapidamente as ações para tentar impedir a disseminação da doença e evitar uma repetição das milhares de mortes vistas em outros países.

Mas médicos da linha de frente se queixaram da falta de equipamentos e disseram que não se sentem seguros no trabalho. Em uma carta em que pediram ao primeiro-ministro Boris Johnson que aumente os suprimentos de PPE, mais de 6 mil médicos da linha de frente disseram que se espera que coloquem a vida em risco com máscaras antiquadas e estoques baixos de equipamentos.

O secretário da Saúde, Matt Hancock, admitiu que tem havido problemas, mas que ações estão sendo adotadas, dizendo que o Exército usará caminhões dia e noite para levar suprimentos às equipes médicas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias