Restaurantes chineses oferecem refeições gratuitas a médicos

A iniciativa é amplamente acolhida e apoiada pela população

Publicado em 02/04/2020 - 11:28 Por ONU News - Nova York

As cidades chinesas de Chengdu e Wuhan estão oferecendo refeições gratuitas para os “anjos” que lutam contra a covid-19, para mostrar respeito e apreciação pelo esforço de médicos, enfermeiros e equipes médicas.

Em Wuhan, o principal centro do surto, mais de 400 restaurantes da Associação de Panela Quente de Sichuan assumiram o compromisso de fornecer refeições gratuitas por um ano para todos os profissionais.

Solidariedade

Além disso, muitas das principais atrações turísticas decidiram fornecer entrada gratuita aos funcionários da área da saúde. Wuhan faz parte da lista de Cidades Criativas de Design da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, desde 2010.

A iniciativa é amplamente acolhida e apoiada pela população local. Várias empresas e empresas privadas estão se unindo a essa iniciativa para destacar sua gratidão.

Em Chengdu, no sudeste da China, centenas de restaurantes estão entregando refeições a todos os profissionais médicos. Chengdu faz parte da lista de Cidades Criativas da Gastronomia da Unesco desde 2010.

A cidade é conhecida por sua herança gastronômica e criatividade. Foi nesta cidade que nasceu a cozinha Sichuan, uma das quatro referências da culinária chinesa.

O setor tem um grande peso na economia da região. Todos os anos, a cidade organiza muitas atividades nesta área, como o Festival Internacional de Alimentação e Turismo de Chengdu.

Reconhecimento

A inciativa dos habitantes pretende destacar a “dedicação altruísta e o trabalho valioso de médicos, enfermeiros e equipe médica na proteção do bem-estar e saúde dos companheiros habitantes da pandemia em curso.”

O governo local também adotou políticas e incentivos para apoiar esses profissionais.

Além de aumentos salariais e outros subsídios, foi dado acesso gratuito a várias atividades culturais. Outras organizações juntaram-se à iniciativa. O Emei Film Group e a Sichuan Provincial Film Company, por exemplo, criaram o “vale oferta anjos”, que permite assistir, de forma gratuita, a 100 filmes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica

Objetivo da MP é facilitar o uso de documento assinados digitalmente para ampliar o acesso a serviços públicos digitais. Texto segue para o Senado.

la bombonera, estádio do boca juniors
Esportes

Equipes do futebol argentino voltam a treinos presenciais

Após paralisação de cinco meses causada pela pandemia de coronavírus, 16 das 25 equipes da primeira divisão do país sul-americano retornaram às atividades presenciais.

Programa de Incentivo à Cabotagem, BR do Mar,
Geral

Programa de incentivo marítimo BR do Mar é entregue ao Congresso

O governo entregou hoje o projeto de lei BR do Mar - iniciativa que visa expandir o tráfego marítimo de mercadorias em todo o território nacional.

 

cruzeiro guarani
Esportes

Série B: Cruzeiro vence Guarani por 3 a 2 fora de casa

Segunda rodada também teve triunfos de Juventude, Paraná e Botafogo SP, além do empate entre Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.