Coreia do Norte: 1º caso suspeito de covid-19 teve teste inconclusivo

Mesmo assim, autoridades puseram em quarentena mais de 3,6 mil pessoas

Publicado em 06/08/2020 - 07:05 Por Emma Farge e Josh Smith - Repórteres da Reuters - Genebra e Seul

Os resultados do teste realizado pela Coreia do Norte em um homem suspeito de ser o primeiro caso de coronavírus no país foram inconclusivos, embora as autoridades locais tenham colocado em quarentena mais de 3,6 mil pessoas que tiveram contato primário e secundário com ele, informou à Reuters a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em 26 de julho, a Coreia do Norte anunciou ter declarado estado de emergência e colocado em quarentena a cidade fronteiriça de Kaesong, após uma pessoa ter desertado para a Coreia do Sul há três anos, atravessado a fronteira fortificada e retornado ao país. A mídia estatal disse que ela tinha sintomas de covid-19.

Na ocasião, a imprensa estatal não esclareceu se o homem foi testado para a doença, afirmando que "resultados incertos foram obtidos após diversas avaliações médicas". Mas o líder norte-coreano, Kim Jong Un, declarou: "pode-se dizer que o vírus entrou no país".

Se confirmado, o caso seria o primeiro oficialmente reconhecido por autoridades norte-coreanas, embora a mídia reafirme que nenhuma infecção foi relatada no país até o momento.

"A pessoa foi testada para covid-19, mas os resultados foram inconclusivos", disse o médico Edwin Salvador, representante da OMS na Coreia do Norte, em comentários enviados à Reuters por e-mail.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias