Sarkozy diz estar disposto a processar França para provar inocência

Ele foi considerado culpado de corrupção pela Justiça

Publicado em 03/03/2021 - 06:41 Por Michel Rose, Sarah White e Dominique Vidalon - Repórteres da Reuters - Paris

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy disse nessa terça-feira (2) que está disposto a ir ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos para provar sua inocência, em sua primeira reação pública após ser considerado culpado de corrupção por juízes na segunda-feira.

"Recorri da decisão, talvez tenha de levar esta luta até o Tribunal Europeu de Direitos Humanos", afirmou Sarkozy ao jornal Le Figaro.

"Seria doloroso para mim ter que consequir que meu próprio país seja condenado, mas estou disposto a isso porque esse seria o preço da democracia", disse ele, acrescentando que não vai se candidatar à Presidência em 2022, mas apoiará um candidato no tempo devido.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias