Câmara dos Deputados da Argentina aprova "lei ônibus" de Milei

Projeto foi aprovado por 144 votos a favor e 109 contra

Publicado em 03/02/2024 - 10:27 Por Nicolas Misculin - Repórter da Reuters - Buenos Aires

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou projeto de reforma abrangente conhecido como "lei ônibus" do presidente argentino Javier Milei, em uma votação nesta sexta-feira (2), após dias de debate, abrindo caminho para uma votação decisiva no Senado.

O polêmico pacote de reformas foi aprovado por 144 votos a favor e 109 contra.

Os deputados também votarão a legislação artigo por artigo, o que deve começar em 6 de fevereiro, mas a aprovação geral significa que seguirá para o Senado.

O projeto de lei é uma peça fundamental dos planos de reforma de Milei para a economia argentina, que está enfrentando uma inflação acima de 200%, reservas internacionais esgotadas e uma bomba-relógio de pagamentos de dívidas com credores e investidores.

O partido A Liberdade Avança, do presidente argentino, tem apenas um pequeno número de cadeiras na Câmara com 257 deputados, mas conseguiu reunir apoio suficiente de aliados com ideias semelhantes para fazer avançar o projeto de lei.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

 

 

Últimas notícias