Falta de apoio dos partidos afasta as mulheres da disputa eleitoral

Publicado em 02/10/2014 - 13:23 Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

banner_eleições

A falta de apoio dos partidos políticos é o principal motivo para mulheres não se candidatarem a cargos políticos, conforme constatação de uma pesquisa encomenda pela Procuradoria da Mulher no Senado e divulgada hoje (2) pelo DataSenado. Os dados revelam que 41% das entrevistadas deram essa justificativa para a pouca participação feminina no processo eleitoral. De acordo com o resultado, 25% das pesquisadas apontaram a falta de interesse por política, 19% indicaram a dificuldade de concorrer com homem, 7% reclamaram da falta de apoio familiar e 5% preferem dedicar o tempo às tarefas domésticas.

“A grande barreira para a participação das mulheres é a própria estrutura partidária. Os partidos não garantem condições para as mulheres concorrerem em pé de igualdade com os homens”, destacou o assessor especial da Secretaria de Transparência do Senado, Thiago Cortez.

A consulta revelou, ainda, que, para 83% dos pesquisados, o candidato ser homem ou mulher não faz qualquer diferença na hora de votar. O mesmo levantamento sinalizou que 79% disseram já ter votado em alguma mulher para ocupar cargo político, 20% nunca votaram e 1% não sabem ou não responderam.

“O eleitorado está disposto a votar em mais mulheres e não considera o sexo do candidato na hora de optar pelo voto. Muito pelo contrário. Alguns indícios que, quando há predileção, é justamente por mulheres”, acrescentou Cortez.

O pesquisador reconheceu que, apesar da Lei Eleitoral destinar 30% das vagas às mulheres, o fato de não haver sanção para as legendas que descumprem a norma é um grande problema. Segundo ele, propostas políticas prevendo iguldade entre os sexos tem apoio da maioria dos entrevistados.

De acordo com o DataSenado, o fato dos brasileiros já terem eleito uma mulher para Presidência da República fortaleceu a participação feminina na política nacional. Para 65% dos eleitores ouvidos , a eleição de uma presidenta influencia o eleitorado a escolher mais mulheres.

O interesse das mulheres é grande. A pesquisa constatou que 62%  se candidatariam se acreditassem em alguma chance de vitória.

Mesmo com as dificuldades apontadas, pela primeira vez uma eleição nacional terá o número de candidatas superior aos 30% exigidos pela lei na disputa proporcional. No próximo domingo (5), das 7.139 candidaturas à Câmara dos Deputados, apenas 2.272 são de mulheres, contra 4.867 de homens. Comparada à  masculina, a participação feminina cresceu 11% nos últimos 15 anos. Em 1998, nas eleições para deputado federal, o número de mulheres na disputa era de 10%. No pleito de 2010, atingiram 19%. Hoje, alcançam 31%. 

O DataSenado ouviu, por telefone, 1.091 pessoas em todos os estados brasileiros. As entrevistas foram feitas entre os dias 12 de agosto e 3 de setembro. A sondagem tem margem de erro de 3 pontos percentuais e confiabilidade de 95%.

 

 

Edição: Armando Cardoso

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Hospital das Clínicas de Campinas começa testes de vacina contra covid

O Instituto Butantan deve concluir em outubro ou novembro os testes com cerca de 9 mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Agente penitenciário
Geral

Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas coletou informações sobre a percepção dos profissionais sobre impactos da pandemia no trabalho, no bem-estar e nas relações com os presos.

Poupança
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos na caderneta superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado. Nos sete primeiros meses do ano, captação acumulada chega a R$ 111,58 bilhões.

Justiça

Órgãos assinam termo de cooperação sobre acordos de leniência

O TCU passa a participar das negociações conduzidas pela CGU, AGU e MPF na celebração de acordos de leniência com empresas acusadas de desviar recursos públicos.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa

O contrato com a farmacêutica chinesa permite ao Butantã começar a produzir e envasar a Coronavac a partir de outubro deste ano, disse Dimas Covas.

João Menezes ganhou o ouro pan-americano em 2019
Esportes

Tenistas brasileiros embarcam domingo para se juntar à Missão Europa

Entre os convocados está João Menezes, ouro no Pan de Lima (Peru). Thomaz Bellucci, Beatriz Haddad Maia e Carolina Meligeni também estão de malas prontas rumo a Portugal.