Deputadas fazem protesto por mais participação da mulher na política

Publicado em 14/05/2015 - 19:14 Por Iolando Lourenço - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Para reivindicar maior participação na política, a bancada feminina da Câmara fez na tarde de hoje (14) um protesto no plenário, durante a votação de destaques à Medida Provisória (MP) 664, que altera regras para acesso à pensão por morte. O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), passou o posto por cinco minutos para a deputada Soraya Santos (PMDB-RJ) e a mesa do plenário foi toda ocupada peças deputadas. 

Deputadas fazem ato simbólico para reivindicar uma maior participação das mulheres na política (Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados)

Deputadas fazem ato simbólico para reivindicar uma maior participação das mulheres na políticaZeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

A presidenta dos trabalhos abriu espaço para que as parlamentares se manifestassem pelo tempo de 30 segundos cada. Durante as falas, elas pediram mais espaço para as mulheres na Câmara, argumentando que elas são a maioria da população, mas a representação feminina é 10% dos 513 deputados da Casa. As deputadas defendem que seja respeitada a cota de 30% de participação de mulheres na composição da Câmara. 

A bancada feminina pediu ao presidente Eduardo Cunha que inclua na proposta de reforma política, em análise na Câmara, a previsão para que 30 % das vagas da Câmara sejam ocupadas pelas mulheres. As deputadas lamentaram também que não foi apresentada à comissão especial que analisa a reforma política nenhuma emenda para ajudar a aumentar a participação feminina na política.

Edição: Aécio Amado

Últimas notícias