Reunião da CPI do Carf é obstruída após polêmica sobre convocação de Gerdau

Publicado em 31/03/2016 - 13:46 Por Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Uma polêmica sobre a possível convocação do empresário André Gerdau hoje (31) durante reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) resultou na obstrução dos trabalhos da comissão. A obstrução ocorreu após terem sido aprovadas as convocações do empresário Alexandre Paes dos Santos, sócio da empresa Davos Energia e considerado um dos pivôs do caso investigado pela Operação Zelotes; do ex-secretário da Receita Federal do Brasil e ex-presidente do conselho, Otacílio Dantas Cartaxo, e do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega.

A Gerdau, empresa de André Gerdau, é suspeita de ter se beneficiado de um esquema de venda de sentenças do conselho, encarregado de julgar ações relativas à dívida de empresas com a Receita Federal. Dos cinco requerimentos que pediam a convocação de Gerdau, apenas um, o do deputado Ivan Valente (PSOL-SP), foi mantido. Sob o argumentando de ser ainda cedo para convocar o empresário, quatro requerimentos tiveram a apreciação retirada da sessão por seus autores. Como Valente manteve a proposta, alguns partidos optaram por obstruir a pauta, retirando-se da sessão. Com falta de quórum, a matéria acabou não sendo apreciada.

“Precisamos, antes, ter maior conhecimento sobre as informações envolvendo o Gerdau, inclusive para ver se ele comparecerá como testemunha ou investigado”, argumentou o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), contrário à convocação do empresário na sessão de hoje. “Temos de ouvir, primeiro, o que os integrantes do Carf têm a dizer. E só depois de ouvirmos o lado institucional deste caso é que devemos ouvir os casos concretos”, acrescentou.

Crise

Segundo Heráclito Fortes, a atual crise pela qual passa o país já tem complicado suficientemente a rotina das empresas. “Jogá-las agora [nesta CPI], sem que haja uma prova concreta do envolvimento delas aumentará, inclusive, o desemprego no Brasil.”

Ao citar uma conversa reservada que teve com o procurador da República que atua na Operação Zelotes, Frederico Paiva, o presidente da CPI disse ter tomado conhecimento de que alguns dos requerimentos a serem analisados pedem depoimentos de pessoas que não estão sendo alvo de investigação. Segundo ele, é o caso do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega.

Apesar de não ser investigado, Mantega teve convocação aprovada por ter sido "ministro de um órgão ao qual o Carf está vinculado”, esclareceu o presidente da CPI. Entre os 270 requerimentos da pauta, 40 foram considerados preferenciais, o que os colocará como prioridade nas pautas das próximas sessões.

Edição: Talita Cavalcante

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019
Internacional

Procuradoria-Geral do Líbano ouve responsáveis pela segurança

O presidente libanês, Michel Aoun, considerou "o pedido de investigação internacional sobre o caso do porto uma perda de tempo" acrescentando que o Poder Judiciário do país deve ser rápido 

Geral

Deslizamento na Mangueira: 22 casas são interditadas

De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, as 17 famílias afetadas pela nova interdição retiraram os pertences do local ontem e foram para casas de parentes.

Britain's Prime Minister Boris Johnson to return to work on Monday
Internacional

Premiê britânico diz que escolas precisam reabrir em setembro

“Manter nossas escolas fechadas por mais um momento do que o absolutamente necessário é socialmente intolerável, economicamente insustentável e moralmente indefensável”, afirmou Johnson.

Ministro Arthur Chioro lança a nova campanha de aleitamento materno. Participa da solenidade a madrinha da Semana Mundial de Amamentação (SMAM) de 2014, a atriz Nívea Stelmann, com sua filha (Wilson Dias/Agência Brasil)
Saúde

Especialista fala sobre dificuldades comuns no aleitamento materno

Em entrevista à Agência Brasil, a enfermeira do Banco de Leite Humano da Fiocruz, Maíra Domingues, aborda ainda questões sobre os benefícios da amamentação.

Moradores usam máscaras para se protegerem do novo coronavírus.
Saúde

Norte avança na reabertura; Sul toma medidas mais rígidas 

A Agência Brasil vem acompanhando, quinzenalmente, a execução dos planos que definem a retomada gradual das atividades econômicas dos 26 estados e do DF.

Aplicativo Caixa Tem
Economia

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em julho

Saque emergencial permite a retirada de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas no FGTS.  Nesta fase, o dinheiro pode ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem.