Imprensa internacional destaca eleições no Brasil

Publicado em 28/10/2018 - 11:06 Por Agência Brasil - Brasília

A imprensa internacional destaca hoje (28) as eleições no Brasil, mostrando a polarização entre os candidatos à Presidência da República - Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) - e seus impactos no eleitorado que também reage com veemência.

Jornais, emissoras de televisão e agências ressaltam que o combate à corrupção e contra a violência predominaram nesta disputa.

Eleição 2018
Eleição 2018 - Print/AgenciaBrasil

O jornal norte-americano The New York Times avalia que o resultado das eleições deste domingo pode significar “a maior mudança na política brasileira desde o fim da ditadura”.

O texto ressalta que o aumento da criminalidade, a economia em dificuldade e a corrupção dominaram o debate entre os dois candidatos ao Palácio do Planalto.

O jornal francês Le Monde menciona o que chama de “liberalismo econômico e autoritarismo pretoriano”, referindo-se a Bolsonaro.

O italiano La Repubblica também destaca o candidato do PSL, informando que ele adotou um tom “mais moderado” na reta final de campanha.

O Correio da Manhã, de Portugal, alerta sobre a “divisão política” no Brasil e o risco de permanecer após as eleições.

O britânico The Observer – versão dominical do The Guardian – cita as incertezas da comunidade LGTB - Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros - a partir destas eleições.

Recessão

O espanhol El Pais publica reportagem sobre o momento político e econômico do Brasil. Para o jornal, o novo presidente vai herdar uma economia que deixou no retrovisor a recessão, mas que cresce em ritmo lento.

Além disso, a divisão política dificulta as reformas apontadas como necessárias.

A agência internacional de notícias Reuters informa que caiu a diferença de votos entre Bolsonaro e Haddad.

Outra agência internacional, a Bloomberg, registra que a campanha foi “marcada por ataques pessoais e violência”. A Associated Press diz que a palavra que guiou as eleições foi “mudança.”

As emissoras de televisão Al Jazeera, do Catar, com transmissão para vários países, e as norte-americanas CNN e Fox News relatam hoje o favoritismo de Bolsonaro.

Também informam que sua campanha destacou o combate à violência e corrupção.

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Aplicativo Caixa Tem
Economia

Caixa credita hoje auxílio emergencial para nascidos em junho

O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19.

Geral

No Rio, deslizamento no morro da Mangueira atinge 12 casas

Defesa Civil isolou a área atingida e equipes aguardam a retirada do material que deslizou para avaliar o estado das casas. Vinte agentes da Defesa Civil e da Guarda Municipal estão a postos.

bola liga dos campeões
Esportes

Liga dos Campeões da Europa retorna com jeito de Copa do Mundo

Torneio terá jogos sem torcida e reta final será disputada em Lisboa, em jogo único, nos estádios José Alvalade (Sporting) e da Luz (Benfica).

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom
Internacional

OMS: recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina

"O nacionalismo com vacinas não é bom, não vai nos ajudar", afirmou o diretor-geral da organização, ao comentar a disputa competitiva entre diversas nações e seus laboratórios.

Com o acordo, pesquisadores de 15 intitutos Senai de Inovação operacionais podem acessar as inovações produzidas pelos institutos Fraunhofer, principalmente em tecnologias, que não estão disponíveis no Brasil
Educação

Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia

Cursos oferecidos têm duração média de 14 horas. Para ter acesso, basta acessar a plataforma Mundo Senai, preencher um cadastro simples e fazer a inscrição.

Smoke rises from the site of an explosion in Beirut
Internacional

Embaixada do Líbano pede ajuda humanitária após explosão em Beirute

Comunicado diz que o país precisa de assistência médica em todos os seus ramos e de suprimentos cirúrgicos e hospitalares. Também são pedidos materiais de construção.