Carrefour é desligado de Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial

Grupo, que reúne 73 empresas, e repudiou assassinato de João Alberto

Publicado em domingo, 22 Novembro, 2020 - 14:17 Por Kariane Costa - Brasília

O Carrefour foi desligado por tempo indeterminado da Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial.

Em uma nota divulgada no site, o movimento, que reúne 73 empresas como o Google, Coca-Cola e Microsoft, repudiou o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, que foi espancado e morto por dois seguranças do Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

A nota diz que é criminoso que uma empresa permita que um cidadão entre para fazer uma compra e saia da loja morto. E acusa o supermercado de ter sido conivente por ter se omitido e não tomado providências para que essa morte fosse evitada.

Os dois seguranças acusados foram presos em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada. Eles devem responder por homicídio triplamente qualificado.

Após o ocorrido, protestos se espalharam por todo o país na sexta-feira e durante todo o fim semana. Manifestantes protestaram contra o racismo e pediram justiça pela morte de João Alberto. Em algumas cidades, as manifestações acabaram em confronto com a polícia e lojas da rede sofreram depredação.

Pelas redes sociais, o presidente do Grupo Carrefour, o francês Alexandre Bompard, disse que vai pedir a revisão de treinamento de funcionários no que diz respeito à segurança, respeito à diversidade e repúdio à intolerância.

Este não é primeiro caso polêmico envolvendo a rede de hipermercados no Brasil. No último ano, um segurança em uma loja de São Paulo agrediu até a morte uma cachorrinha que costumava circular pelo local. Já em uma loja do Carrefour em Recife, um funcionário morreu durante o expediente de trabalho e o mercado continuou funcionando normalmente com seu corpo coberto por guarda-sóis.

 

O Carrefour divulgou uma nota neste sábado (22). Confira a íntegra da resposta:

"O dia 20 de novembro, que deveria ser marcado pela conscientização da inclusão de negros e negras na sociedade, foi o mais triste da história do Carrefour.
Palavras não expressarão nossa angústia com a brutalidade.
Daremos todo o apoio à família de João Alberto Silveira Freitas e, em respeito a ele, nossa loja de Passo D’Areia fechou ontem e permanecerá fechada hoje.
Além disso, todo o resultado das vendas do dia 20 de novembro das lojas Carrefour Hipermercados será doado para entidades ligadas à luta pela consciência negra.
No dia 21, abrimos mais tarde para reforçarmos o treinamento antirracista com todos os nossos funcionários e terceiros.
Continuaremos com nossa transparência, informando os próximos passos.
Nada trará a vida de João Alberto de volta, mas estamos certos de que este momento de profundo pesar se converterá em ações concretas que impedirão que tragédias como essa se repitam".

 

Ouça também:

Causa da morte de João Alberto, espancado no Carrefour, foi asfixia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Prefeito eleito do Rio anuncia dez medidas contra covid-19

Eduardo Paes também confirmou Daniel Soranz como secretário de Saúde. Entre as medidas estão o rastreamento de contatos de pessoas contaminadas para evitar a cadeia de transmissão da doença, o reforço na testagem para o coronavírus e a agilidade nos resultados.

 

Baixar arquivo
Política

Parlamentares retomam atividades no Congresso após eleições municipais

Na Câmara, expectativa é a medida provisória que libera recursos para vacina da Oxford e a que cria o programa habitacional Casa Verde e Amarela. No Senado, haverá votações também, mas ainda não foi divulgada a agenda.

Baixar arquivo
Saúde

Internações por covid-19 em novembro aumentam 40% na cidade do Rio

No estado, há 364 pacientes aguardando internação. Desses, 231 precisam de UTI. Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria é de 72% na capital e de 62% em todo o estado do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Operação Sangria investiga fraudes e desvio de recursos públicos no AM

A Polícia Federal apura esquema que envolvia compra de respiradores e vinhos. Foram autorizados pelo STF quatro mandados e busca e apreensão. Há indícios de que funcionários do alto escalão da Secretaria de Saúde do Amazonas estariam envolvidos. A secretaria afirmou que está contribuindo com a PF para a apuração dos fatos.

Baixar arquivo
Eleições 2020

MDB é o partido com mais prefeitos; 11 deputados se elegem

Resultado das Eleições 2020 teve ainda Centrão com 2,4 mil municípios. Entre os partidos que formam o grupo, PP, PSD e PL são as legendas com o maior número de prefeituras. E o MDB foi o partido que mais elegeu prefeitos. Só em capitais foram cinco. Depois, vêm o PP e o PSD.

 

Baixar arquivo
Eleições 2020

Rio registra abstenção de 35% no 2º turno das eleições municipais

Número de pessoas que não compareceram às urnas neste domingo (29), 1,7 milhão, foi superior inclusive à quantidade de votos que deram vitória a Eduardo Paes. Ele recebeu 1,6 milhão de votos. Segundo o presidente do TRE-RJ, a pandemia contribuiu para a alta de eleitores que se abstiveram. Mas analistas acreditam que a falta de interesse nos dois candidatos que disputavam a prefeitura da cidade do Rio no segundo turno também foi fator importante.

 

Baixar arquivo