Lula sanciona lei para modernização do parque industrial

Publicado em 29/05/2024 - 08:59 Por Ana Lúcia Caldas - repórter da Rádio Nacional - Brasília

A lei que prevê incentivos fiscais para modernização do parque industrial brasileiro foi sancionada, nessa terça-feira (28), pelo presidente Lula. Serão destinados R$ 3,4 bilhões na depreciação de máquinas e equipamentos, em até dois anos.

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, reforçou que são três os desafios equacionados com a sanção: aumentar investimento em proporção ao PIB; ampliar competitividade; e impulsionar a produtividade com máquinas mais modernas e com eficiência energética, alinhadas ao trabalho da transição ecológica.

Alkmin ressaltou que o pedido número 1 da indústria, da Confederação Nacional da Indústria e das federações das indústrias era modernizar o parque fabril fazendo uma depreciação acelerada.

A CNI estima que a medida pode gerar incremento de R$ 20 bilhões nos investimentos no Brasil, em 2024. Estudo da entidade mostra que as máquinas e equipamentos usados pela indústria brasileira têm, em média, 14 anos de idade, o que afeta a competitividade.

Pelo texto sancionado, o governo fica autorizado a utilizar o instrumento da depreciação acelerada para estimular setores econômicos a investirem em máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos novos.

A medida valerá para as aquisições feitas até 31 de dezembro de 2025.

*Com informações da Agência Brasil

Edição: Sâmia Mendes- Marizete Cardoso

Últimas notícias
Política

Presidente do Solidariedade se entrega à Polícia

Eurípedes Macedo Jr. é alvo da operação “Fundo do Poço", da Policia Federal, e acusado de desvios de recursos do fundo partidário e eleitoral do PROS, o Partido Republicano da Ordem Social.

Baixar arquivo
Geral

Lula se reúne com empresa responsável por apagões em SP, RJ e CE

Segundo o presidente, representantes da Enel assumiram o compromisso de ampliar investimentos no Brasil e prometeream que não haverá mais apagões nas regiões onde a empresa italiana fornece e energia. 

Baixar arquivo
Geral

Rio Grande do Sul volta a enfrentar chuvas

Vai chover em várias regiões do estado até terça-feira (18). Mesmo não sendo tão intensas quanto as de maio, volume de água preocupa.

Baixar arquivo
Educação

Enem 2024 tem 5 milhões de inscritos

O Inep divulgou o balanço de inscrições para o Enem 2024, mas número final de candidatos só vai ser conhecido depois do prazo extra de inscrição para moradores do Rio Grande do Sul que termina no dia 21 de junho. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Governo cria sala de situação para enfrentrar secas e incêndios

O governo federal instalou uma sala de situação preventiva, para tratar sobre a seca e o combate a incêndios, especialmente no Pantanal e na Amazônia.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Chuvas deixam cidades pernambucanas em estado de alerta

Recife está em alerta laranja por causa das chuvas que atingiram a cidade entre sexta (14) e  sábado (15). Em outros muncípios de Pernambuco, as chuvas foram ainda mais intensas e ficaram acima de 100 milímetros. 

Baixar arquivo