Em 8ª Olimpíada, Hugo Hoyama terá segunda experiência como técnico

Ícone do tênis de mesa comanda seleção feminina e crê em bom resultado

Publicado em 22/07/2021 - 19:02 Por Lincoln Chaves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Mais de 18 mil quilômetros separam São Bernardo do Campo, no ABC paulista, cidade onde nasceu Hugo Hoyama, da capital japonesa Tóquio. O que não impede o ex-mesatenista de se sentir em casa no país-sede da oitava Olimpíada da carreira.

Poucos sabem o que é representar o Brasil nos Jogos como Hugo. Foram seis edições como atleta, entre 1992 e 2012. Já em 2016, no Rio de Janeiro, ele foi técnico da seleção brasileira feminina de tênis de mesa. Posto no qual segue em Tóquio, onde terá como titulares Bruna Takahashi, Jéssica Yamada, Caroline Kumahara. Um trio no qual ele tem bastante confiança, mesmo com o último ano e meio de preparação impactado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Jéssica Yamada será a primeira da seleção feminina a estrear. Neste sábado (24), às 2 e 15 da manhã, pelo horário de Brasília, ela enfrenta a suíça Rachel Moret. Bruna Takahashi só estreia domingo (25), ainda sem horário definido, contra a vencedora do confronto entre a egípcia Yousra Helmy e a sino-francesa Jianan Yuan. O torneio por equipes começa apenas no dia 1º de agosto. O Brasil não terá vida fácil: encara Hong Kong, uma das forças da modalidade. Para Hugo, apesar do favoritismo não ser das brasileiras, é possível surpreender.

O tênis de mesa brasileiro sonha com uma histórica medalha olímpica em Tóquio. As melhores campanhas foram em 1996, em Atlanta (Estados Unidos), com o próprio Hugo Hoyama, e na Rio 2016, com Hugo Calderano. Ambos chegaram às oitavas de final.

Edição: Sheily Noleto / Guilherme Strozi

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Os crimes de estupro voltaram a crescer no estado de São Paulo

Os registros de estupro, que tinham caído no início da pandemia da covid-19, cresceram 13% no interior do estado em 2021 e 19,5% nos municípios da região metropolitana da capital paulista.

Baixar arquivo
Economia

BNDES: País tem um enorme desafio que é combater a desigualdade social

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, disse nesta terça-feira que o país tem um enorme desafio pela frente: combater a desigualdade social agravada pela pandemia de covid-19.

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Fiocruz entrega mais 2,4 milhões de doses da vacina AstraZeneca

A Fiocruz também informou que concluiu a produção dos primeiros lotes do IFA 100% nacional. Chamados de lotes de pré-validação, eles vão passar por testes de controle de qualidade para, em seguida, serem encaminhados para a etapa de processamento final do imunizante.

Baixar arquivo
Geral

Restaurantes comunitários no DF oferecem café da manhã por R$ 0,50

O restaurante comunitário da Estrutural, a partir desta quarta-feira, já passa a oferecer a refeição matinal. Na unidade de São Sebastião começa na próxima sexta-feira, e em Ceilândia, no sábado.

Baixar arquivo
Política

Aprovado projeto que pune divulgação de infração de transito nas redes

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, a punição a quem divulgar nas redes sociais infração de trânsito de natureza gravíssima. O texto agora segue para o Senado Federal.

Baixar arquivo
Política

Emenda da reforma eleitoral é aprovada pelo Congresso Nacional

Entre as mudanças, a partir das eleições de 2022, será contado em dobro os votos dados a mulheres e pessoas negras eleitas para efeito de cálculo na distribuição dos recursos do Fundo Eleitoral e Partidário.

Baixar arquivo