Aos supersticiosos atenção às mandingas de fim de ano e saiba o que se espera para 2017

Ano-Novo

Publicado em 30/12/2016 - 12:16 Por Bianca Paiva - Manaus

Um Ano-Novo vai começar e com ele a possibilidade de realizar sonhos e alcançar objetivos que não foram possíveis no ano que se passou.


Muita gente aproveita essa época para refletir, rezar e se apegar a superstições e simpatias que prometem dar sorte em várias áreas da vida. Uma das mais comuns é a escolha da cor da roupa na noite da virada.


A cantora manauara Beatriz Leal acredita que cada cor pode trazer um benefício específico. 


O terapeuta holístico Márcio Coelho costuma fazer algumas simpatias no réveillon. 


Comer lentilha, sementes de uva ou de romã, pular sete ondas, não consumir carne de aves que ciscam pra trás, são exemplos de superstições comuns na virada do ano.


A origem e a época que elas surgiram são variadas. Para a taróloga e numeróloga Luscenir Alves esses costumes tradicionais são os mais eficientes para trazer boas vibrações.


Depois de um ano turbulento no país, muita gente quer saber como será 2017. A taróloga faz uma previsão. 


Para quem gosta de numerologia, o número 1 será o da sorte do ano de 2017, de acordo com Luscenir.

Últimas notícias
Geral

SP: Polícia Civil analisa novas imagens de ônibus de dupla sertaneja

No último dia 7 de maio, o ônibus tombou e matou 6 pessoas, entre elas o do cantor Aleksandro, que fazia dupla com Conrado, na altura da cidade de Miracatu, no interior de São Paulo.

Baixar arquivo
Economia

Ministério da Economia prevê inflação de 7,9% para 2022

A Secretaria de Política Econômica justificou que o aumento dos preços dos alimentos, dos combustíveis e dos serviços fez a equipe do governo revisar para cima a previsão do IPCA para 2022.

Baixar arquivo
Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. 

Baixar arquivo
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo