Amazonas volta a suspender atividades não essenciais por 15 dias

Medida atende à determinação judicial

Publicado em 05/01/2021 - 14:01 Por Renata Martins - Brasília

O estado do Amazonas voltou a suspender o funcionamento de atividades não essenciais por causa do aumento de casos de covid-19. O decreto já está em vigor e vale pelo menos até dia 18 de janeiro.

Os shoppings só podem funcionar exclusivamente como pontos de coleta de compras em seus estacionamentos, em regime drive-thru. A venda de produtos por vendedores ambulantes está proibida, assim como, a realização de eventos, públicos e privados. A visitação a pacientes internados com Covid-19 e a internos do sistema prisional também estão suspensas.

Desta vez, a medida atende a uma decisão do Tribunal de Justiça do Amazonas que determinou a suspensão das atividades econômicas não essenciais pelo prazo de 15 dias.

Segundo o último boletim da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, divulgado na noite de ontem, no prazo de 24 horas o estado confirmou 559 novos casos e 23 óbitos por Covid-19.

O Amazonas voltou a bater o recorde de internações por covid19: 183 pessoas só nesta segunda-feira. O número supera o de internações da fase crítica do início da pandemia, quando em maio chegou a 168 internações.

O agravamento da crise de saúde pública no Estado por causa do coronavírus pode ser observada também nos cemitérios. Manaus realiza em média cerca de 30 sepultamentos por dia. Desde o final do ano, os sepultamentos voltaram a crescer. Só ontem, 66 pessoas foram enterradas ou cremadas em cemitérios de Manaus.

As autoridades estaduais de Saúde alertam para a importância de usar máscaras faciais, manter a distância entre as pessoas e lavar as mãos com água e sabão ou utilizando álcool em gel. As recomendações são consideradas fundamentais no controle da circulação do vírus da Covid-19.

 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Senado: Cronograma para CPI da Covid será apresentado na segunda

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que na próxima segunda-feira, vai apresentar o cronograma e os procedimentos para a instalação da CPI da Covid-19.

Na primeira reunião serão escolhidos por meio de votação o presidente e o vice-presidente da Comissão.

Baixar arquivo
Política

Joaquim Silva e Luna é aprovado para a presidência da Petrobras

O general foi aprovado em reunião do Conselho de Administração da estatal realizada nesta sexta-feira (16). Também foram nomeados os sete integrantes da Diretoria Executiva da estatal. Três deles foram reconduzidos ao cargo.

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa chega neste sábado a Moscou para vistoriar fábrica da Sputnik V

Conclusões vão subsidiar decisão sobre uso da vacina no Brasil. Anvisa faz busca ativa das informações, já que 40% dos documentos que devem ser entregues pelos fabricantes estão incompletos ou não chegaram a ser apresentados.

Baixar arquivo
Saúde

SP: Crianças e gestantes foram vacinadas contra covid por engano

 Ao todo, 51 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 por engano no estado de São Paulo. Eram pessoas que deveriam tomar a vacina contra a gripe e acabaram recebendo doses da Coronavac.

Baixar arquivo
Geral

SP libera comércio e cultos religiosos em nova fase de transição

Medidas restritivas anunciadas ficam entre a atual fase vermelha do Plano São Paulo e a laranja, que adota restrições ainda mais brandas. As regras valem a partir de domingo (18).

Baixar arquivo
Saúde

Mulheres vacinadas produzem leite materno com anticorpos para a covid

É o que aponta estudo israelense publicado esta semana no periódico científico americano Jama. Os anticorpos no leite materno sugerem potencial efeito protetor contra a infecção em bebês, mas ainda são necessários mais estudos.

Baixar arquivo