Protagonistas no combate à covid-19, mulheres são as mais atingidas

Elas trabalham em hospitais e em casa; muitas perderam o emprego

Publicado em 13/03/2021 - 08:13 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

Shirles Miquellinni tem 37 anos, é fisioterapeuta, atende pacientes com covid-19 na UTI de um hospital em Brasília, fora do hospital atende pacientes particulares, é casada, tem 3 filhos e uma rotina que parece um turbilhão, mas que ela mal se dá conta.

Shirles faz parte de uma realidade que coloca as mulheres, especialmente as brasileiras, no epicentro da pandemia.

A maioria dos profissionais de saúde que atende pacientes com covid-19 em todo o mundo é formada por mulheres.

Elas representam pouco menos da metade dos médicos, 46%, 85% das equipes de enfermagem e 85% dos cuidadores de idosos.

Para a diretora da Organização Panamericana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, as mulheres estão no coração da pandemia.

Sonora: “Elas estão trabalhando e, ao mesmo tempo, estão cuidando de suas casas, suas famílias. Muitas vezes são elas que garantem o sustento das famílias. E também estão na linha de frente dessa pandemia. Na América Latina, nove de cada 10 enfermeiros são mulheres. Isso quer dizer que as mulheres estão no coração da pandemia e muitas delas também foram infectadas, ficaram doentes e também morreram.

Se algumas mulheres precisam enfrentar o vírus de frente e ainda lidar com jornadas triplas, outras ficaram sem renda.

Claudia di Silvério sustentava os cinco filhos cuidando de nove crianças em sua casa, em Paraisópolis, na capital paulista. Mas as mães dessas crianças, a maioria empregadas domésticas, também perderam o emprego e Claudia passou a depender de doações. Agora tenta uma vaga em uma padaria.

O desemprego é efeito colateral da pandemia que também atinge mais as mulheres. Segundo o Caged, entre junho e novembro do ano passado, período em que a covid-19 parecia perder força, foram abertas mais de 309 mil vagas de trabalho em todo o país para homens.

Para as mulheres o saldo foi negativo. Foram fechadas mais de 82 mil vagas. Entre as negras, o cenário é pior.

Segundo o Dieese, em fevereiro praticamente 20% das mulheres delas estavam desempregadas. Entre as trabalhadoras domésticas, 1 milhão e 600 mil perderam o emprego.

É nesse cenário que Tania Fontenele, do Instituto de Pesquisa Aplicada da Mulher, alerta para o nível de estresse em que essas mulheres passaram a viver.

Sem trabalho, sob estresse e confinadas em casa, algumas com os agressores. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, ao mesmo tempo que o número de denúncias de violência doméstica caiu mais de 27%, em 12 estados no primeiro semestre do ano passado, o número de feminicídios aumentou 2,2%.

 

Últimas notícias
Geral

Frente fria vai trazer fortes chuvas no norte da região Nordeste

O alerta laranja para perigo no acumulado de chuva é do Instituto Nacional de Meteorologia e vale até domingo (22). As chuvas fortes, também devem atingir o norte do Pará, do Amazonas e Roraima, e todo o Amapá.

Baixar arquivo
Saúde

Portugal tem aumento de 33% no número de mortes por covid-19

País tem crescimento de casos de contágio e de mortes por Covid-19 nos últimos sete dias. Para os especialistas, o motivo é o avanço da linhagem BA.5 somado ao fim da obrigatoriedade do uso da máscara.

 

Baixar arquivo
Saúde

Turmas da UFMG suspendem aulas presenciais após casos de covid

O protocolo da universidade orienta a suspensão das atividades presenciais quando são notificados pelo menos três casos de coronavírus em uma mesma turma, no intervalo de uma semana.

Baixar arquivo
Justiça

Flordelis: Justiça nega solicitação para transferir julgamento

Flordelis está com o julgamento marcado no Júri Popular para o próximo dia 06 de junho. A ex-deputada é acusada de ter participado do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Baixar arquivo
Cultura

Memorial das Baianas do Acarajé, em Salvador, volta a receber público

Inaugurado em 2009, no Centro Histórico de Salvador, na Praça da Sé, ao lado do Monumento da Cruz Caída, o Memorial das Baianas de Acarajé estava fechado desde o ano passado para a realização de obras de revitalização

Baixar arquivo
Geral

Distrito Federal abre abrigo provisório depois de recorde de frio

Por enquanto, são 100 vagas a serem preenchidas por ordem de chegada, para pernoite, das 20h até as 8h, no Ginásio do Centro Integrado de Educação Física, na quadra 907 Sul, região central da capital federal.

Baixar arquivo