Migração para os EUA esvazia cidade mineira de Alpercata

Publicado em 09/12/2021 - 08:51 Por Rimack Souto - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Uma cidade do interior de Minas Gerais, Alpercata, sofre com o avanço da migração. A 330 quilômetros da capital Belo Horizonte, a região rural viu centenas de famílias e jovens saírem para os Estados Unidos nos últimos meses. Com o aumento do fluxo migratório, às vezes, faltam profissionais capacitados para suprir a demanda da população.

Os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus, especialmente a baixa oferta de empregos, foram os principais motivos para o aumento da migração em Alpercata, interior de Minas Gerais. Os moradores da cidade onde vivem cerca de 7.500 pessoas têm observado as ruas ficarem cada vez mais vazias. E, ao contrário de ondas migratórias anteriores, dominadas por jovens mais carentes, desta vez enfermeiras, engenheiros e até funcionários municipais estão saindo. As escolas públicas da cidade sofrem com a saída de alunos para os Estados Unidos. Essas instituições já perderam 10% do total de 926 estudantes, como conta, Lúcia Moreira, diretora de uma das escola do município. 

"Neste ano, de 2021, que nós tivemos um número mais significativo de alunos que foram para os Estados Unidos, esse efeito veremos no ano que vem, em 2022, porque os recursos que a escola recebe do governo federal, ele é baseado em número de alunos. E quando esses alunos vão embora, o número de alunos da escola reduz e consequentemente o recurso também".

A migração atinge até o esporte local. O secretário Municipal de Esportes,  Jorge Estefesson, diz que algumas equipes de futebol não têm conseguido participar de campeonatos, por falta de atletas.

"Alguns atletas nossos também, que participavam de campeonatos, nosso aqui, tanto municipais como campeonatos da região, e migraram. Então nós estamos tendo dificuldade hoje de fazer um campeonato com várias equipes". 

O filho da cozinheira, Reginalda, tem visto os amigos saírem da cidade e também quer buscar uma vida melhor nos Estados Unidos. "Ele é mais que quer, fala toda hora, mãe, eu não quero ficar aqui. Se nós não "for" pra fora, porque os coleguinhas, a maioria, já foram, entendeu. Eu quero ir mamãe, pra "mim" ter alguma coisa, porque aqui vai ser difícil". 

A situação de Alpercata reflete o aumento na migração de pessoas da América Latina para os Estados Unidos. Brasileiros, haitianos e venezuelanos estão entre os que mais buscam uma nova vida em outro país. A maioria dos imigrantes brasileiros chegam pela fronteira mexicana e se entregam às autoridades para pedir asilo. Com o objetivo de conter o fluxo de migrantes, o México aumentou a vigilância e, a partir deste mês, deve exigir o visto brasileiro.

Últimas notícias
Meio Ambiente

PF investiga possível contaminação do rio Tapajós, no Pará

O rio Tapajós, que normalmente tem águas claras, com tom esverdeado, está apresentando uma coloração barrenta. Peritos da PF vão também coletar amostras da água.

Baixar arquivo
Geral

Anac concede primeira autorização para entregas por drones

Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) concedeu a primeira autorização para entregas comerciais com o equipamento.

Baixar arquivo
Geral

Receita Federal abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

O acesso pode ser feito a partir desta segunda-feira. Esse lote é voltado para contribuintes que caíram na malha fina em anos anteriores e conseguiram acertar as contas.

Baixar arquivo
Geral

Rio anuncia investimentos nas comunidades do Jacarezinho e Muzema

Serão investidos cerca de R$ 500 milhões nas duas comunidades, que foram escolhidas com base no índice de criminalidade e no número de habitantes, que passa dos 40 mil.

Baixar arquivo
Cultura

Rio e São Paulo adiam desfile de carnaval para feriado de Tiradentes

A decisão de adiar os desfiles das escolas de samba de fevereiro para abril foi tomada pelos prefeitos do Rio, Eduardo Paes e de São Paulo, Ricardo Nunes, em reunião virtual nessa sexta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Código de Trânsito Brasileiro completa 24 anos

Criado em 1997 ele passou a vigorar no ano seguinte. Esse conjunto de normas sofreu várias atualizações desde a sua criação e algumas delas são bem fresquinhas e passam a valer em abril deste ano.

Baixar arquivo