Postos de gasolina são investigados por propaganda enganosa

Publicado em 07/12/2021 - 09:39 Por Márcia Fernandes - Brasília

Estão cada vez mais comuns os aplicativos que dão descontos e outros benefícios para clientes que abastecem os carros. O objetivo é fidelizar o cliente. Quem abastece sempre na mesma rede de postos, junta pontos e troca por descontos. Mas nem sempre o cliente consegue acessar as informações da promoção com clareza. Muitas vezes, abastece o carro pensando que o combustível está no preço e só depois descobre que o produto está mais caro.

O Analista Ambiental João Paulo Ribeiro, mora em Brasília, e conta que a prática é comum. Para ele, além dos anúncios confusos e sem detalhes, as propagandas muitas vezes não explicam os detalhes da promoção.

Para evitar propagandas enganosas de descontos em postos de combustível, o Ministério da Justiça e Segurança Pública começou uma investigação sobre atuação de duas grandes redes de postos. Elas vão ter que prestar esclarecimentos sobre esse tipo de publicidade, como destaca a diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, Lilian Brandão.

"Embora se reconheça que o oferecimento de descontos não seja em hipótese nenhuma uma pratica ilegal. A forma como as informações têm sido apresentadas nos postos de combustíveis não são adequadas e claras. Elas estariam induzindo o consumidor ao erro que, obviamente, viola o código de defesa do consumidor no seu direito mais fundamental, que é o de informação clara e inteligível".

O Ministério da Justiça recomenda atenção dos motoristas e caso o consumidor encontra uma prática abusiva, ele deve fazer a denúncia em órgãos como Procon, Ministério Público e Defensoria Pública.

 

Últimas notícias
Educação

Piso salarial dos professores aumenta 33% e passa para R$ 3.845

O piso salarial dos professores da rede pública vai passar de R$ 2.886 para R$ 3.845, um aumento de 33,24%. Esse é o valor mínimo que o profissional deve receber no país.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Mais de 1.600 pessoas foram resgatadas de trabalho escravo em 2021

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (27), o Ministério Público do Trabalho informou que recebeu 1.415 denúncias de trabalho escravo, aliciamento e tráfico de trabalhadores no ano passado, número 70% maior que em 2020.  

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Rio de Janeiro registra 40ºC nesta quinta-feira (27)

Para os próximos dias a previsão é que as temperaturas fiquem um pouco mais amenas devido a chegada de uma frente fria, nesta sexta-feira (28).

Baixar arquivo
Esportes

Campeão paulista, São Paulo inicia defesa de título contra Guarani

Tricolor deve promover as estreias de boa parte dos reforços de 2022

 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: 13% do esperado para faixa de 5 a 11 anos foi vacinada no Rio

Até esta quinta-feira (27), pouco mais de 72 mil crianças entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid, bem abaixo da expectativa da prefeitura em alcançar pelo menos 90% de imunização. Os dados são do Painel Rio Covid-19.

Baixar arquivo