Para especialistas, levantamento do IBGE dá visibilidade aos quilombos

Publicado em 27/07/2023 - 14:47 Por Tatiana Alves - Repórter Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Especialistas veem a divulgação dos dados do Censo Demográfico 2022 , nesta quinta-feira (27), com dados inéditos colhidos pelo IBGE sobre os quilombolas, como uma contribuição para retirar essas populações da invisibilidade. Também avaliam que a pesquisa reforça a luta por garantia de direitos e acesso dessas populações a políticas públicas.

A assessora jurídica da Conaq, Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas, Vercilene Dias, defende, no entanto, mudanças em futuros levantamentos.

De acordo com o Censo 2022, o Brasil tem cerca de 1,3 milhão de pessoas que se autodeclaram quilombolas, o que representa 0,65% da população do país. Elas estão distribuídas por 1.696 dos mais de 5 mil municípios brasileiros.

No caso da cidade do Rio de Janeiro, há diversos quilombos em sua área urbana, entre eles, o da Pedra Bonita, encravado no Parque Nacional da Tijuca; e o Sacopã, no bairro da Lagoa. Niterói, na região metropolitana, também tem um reduto de resistência quilombola, no bairro Engenho do Mato.

Pessoas dessas comunidades avaliam que a iniciativa do IBGE traz reconhecimento e pode ser decisiva na inclusão dessas populações em políticas públicas, como avalia a moradora do Quilombo Pedra Bonita, Eulalia Ferreira da Silva.

Atualmente, o termo quilombo se refere a grupos que desenvolveram práticas cotidianas de resistência na manutenção e reprodução de seus modos de vida característicos e na consolidação de um território próprio.

Edição: Vitoria Santos / Alessandra Esteves

Últimas notícias
Segurança

Perfis bloqueados no X por ordem judicial ainda fazem transmissões

Isso é o que diz um relatório parcial da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o empresário norte-americano e dono do antigo Twitter, Elon Musk. Foi constatado ainda que os perfis interagem com usuários brasileiros.

Baixar arquivo
Justiça

E-mail indica que Samarco conhecia risco de colapso em Mariana

Um e-mail enviado por um ex-executivo da mineradora inglesa BHP ao conselho de administração da Samarco está sendo utilizado pela defesa dos atingidos pela tragédia de Mariana (MG) como prova de que a empresa sabia dos riscos de rompimento da barragem.

Baixar arquivo
Saúde

Mortes por dengue em 2024 já superam as do ano passado em 37%

São 1.601 óbitos confirmados neste ano. Outras 2 mil mortes estão em investigação, e o total de casos da doença já passa de 3,5 milhões.

Baixar arquivo
Cultura

Programação do aniversário de Brasília tem show de Alok neste sábado

O palco para a atração do DJ é em formato de pirâmide e tem quase 30 metros. O show dele deve ocorrer a partir das 21h30, mas antes disso já vai ter muita música por lá. 

Baixar arquivo
Justiça

Nunes Marques prorroga prazo para pagamento de dívida de MG com União

O ministro do Supremo Tribunal Federal prorrogou por mais 90 dias o prazo para Minas Gerais pagar a sua dívida com a União. Esse prazo se encerraria neste sábado (20).

Baixar arquivo
Geral

Governo recua e Petrobras pode pagar 50% de dividendos extraordinários

A decisão veio nessa sexta-feira (19), após reunião do Conselho de Administração da empresa e será levada à Assembleia Geral marcada para a próxima quinta, dia 25.

Baixar arquivo