Embaixador palestino no Brasil diz que reação de Netanyahu é injusta

Publicado em 19/02/2024 - 19:35 Por Oussama El Ghaouri - repórter da Rádio Nacional* - Brasília

Em entrevista exclusiva à Agência Brasil, o embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, comentou as reações contrárias do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a entrevista do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Lula, em viagem ao Egito na semana passada, comparou a ação de Israel em Gaza às mortes de judeus no Holocausto, durante a 2ª Guerra Mundial. Netanyahu reagiu dizendo que as declarações de Lula eram vergonhosas e graves. E que isso seria banalizar o Holocausto, tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender.

De acordo com o embaixador, as reações são injustas e motivadas pela defesa que o governo brasileiro tem feito da criação imediata de um Estado Palestino.

"Essa campanha iniciou porque Lula está defendendo um reconhecimento imediato ao Estado Palestina como membro pleno na ONU. Netanyahu falou bem categórico que ele não vai aceitar a existência de um Estado Palestino. E não vai aceitar nenhuma intervenção e nenhuma influência exterior", disse o embaixador.

Na semana passada, Netanyahu disse que Israel se opõe ao “reconhecimento unilateral de um Estado palestino”. Para o premier, reconhecer a Palestina agora seria recompensar ao ataque terrorista do Hamas em 7 de outubro. O diplomata palestino considerou que a reação contrária à fala do presidente é injusta também porque Lula já condenou o nazismo. Segundo Ibrahim Alzeben, o Brasil se junta a outros países, como a África do Sul, por uma paz justa.

A Rádio Nacional pediu uma posição do embaixador de Israel no Brasil sobre as declarações do embaixador da Palestina, mas não recebeu retorno até o fechamento desta matéria.

*Com informações de Lucas Pordeus Leon, da Agência Brasil 

Edição: Jacson Segundo / Liliane Farias

Últimas notícias
Segurança

Perfis bloqueados no X por ordem judicial ainda fazem transmissões

Isso é o que diz um relatório parcial da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o empresário norte-americano e dono do antigo Twitter, Elon Musk. Foi constatado ainda que os perfis interagem com usuários brasileiros.

Baixar arquivo
Justiça

E-mail indica que Samarco conhecia risco de colapso em Mariana

Um e-mail enviado por um ex-executivo da mineradora inglesa BHP ao conselho de administração da Samarco está sendo utilizado pela defesa dos atingidos pela tragédia de Mariana (MG) como prova de que a empresa sabia dos riscos de rompimento da barragem.

Baixar arquivo
Saúde

Mortes por dengue em 2024 já superam as do ano passado em 37%

São 1.601 óbitos confirmados neste ano. Outras 2 mil mortes estão em investigação, e o total de casos da doença já passa de 3,5 milhões.

Baixar arquivo
Cultura

Programação do aniversário de Brasília tem show de Alok neste sábado

O palco para a atração do DJ é em formato de pirâmide e tem quase 30 metros. O show dele deve ocorrer a partir das 21h30, mas antes disso já vai ter muita música por lá. 

Baixar arquivo
Justiça

Nunes Marques prorroga prazo para pagamento de dívida de MG com União

O ministro do Supremo Tribunal Federal prorrogou por mais 90 dias o prazo para Minas Gerais pagar a sua dívida com a União. Esse prazo se encerraria neste sábado (20).

Baixar arquivo
Geral

Governo recua e Petrobras pode pagar 50% de dividendos extraordinários

A decisão veio nessa sexta-feira (19), após reunião do Conselho de Administração da empresa e será levada à Assembleia Geral marcada para a próxima quinta, dia 25.

Baixar arquivo