Brumadinho: Vale recorre de decisão sobre indenização

Justiça condena empresa a pagar R$ 1 milhão por trabalhador morto

Publicado em 06/07/2021 - 14:51 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Vale recorreu nessa segunda-feira (5) da decisão que obriga a empresa a pagar R$ 1 milhão para cada trabalhador que morreu no rompimento da barragem em Brumadinho, em 2019. A mineradora pede que a ação seja considerada improcedente e, no caso de se manter a condenação, que a Vale possa pagar um valor mais baixo.

A condenação na Justiça do Trabalho é do mês de junho e 131 famílias devem ser beneficiadas. No recurso, a empresa chamou de “absurda” a quantia a ser paga a cada vítima.

Para o advogado Luciano Pereira, representante do Sindicato Metabase de Brumadinho, ao recorrer dessa condenação a Vale demonstra desprezo à vida. Segundo ele, o sindicato vai aumentar o pedido de indenização.

No recurso, a Vale também questiona os nomes de 21 pessoas citadas na ação, que segundo a empresa, não integram a categoria.

Em junho, a juíza Vivianne Célia Correa, da 5ª Vara do Trabalho de Betim, destacou na decisão que a quantia se destina a remediar as irrecuperáveis consequências do desastre provocado pela negligência da empresa.

Segundo a juíza, medidas adotadas para remediar problemas e aprimorar a segurança foram limitadas e malsucedidas.

Em nota, a Vale disse que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas de forma rápida e responsável. Por esse motivo, vem realizando acordos com os familiares dos trabalhadores falecidos desde 2019. De acordo com a mineradora, desde 2019 já foram firmados 681 acordos trabalhistas, envolvendo mais de 1,6 mil familiares de vítimas.

As barragens com rejeitos de minério se romperam em janeiro de 2019 e 270 pessoas morreram.

Edição: Leila Santos/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Covid: DF começa a vacinar pessoas a partir dos 30 anos nesta terça

DF já registrou 57 casos da variante Delta. Mesmo assim, portaria do governo aumentou de 25% para 30% quantidade de público em eventos esportivos. 

Baixar arquivo
Política

No Alvorada, Jair Bolsonaro recebe o presidente de Portugal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu, nesta segunda-feira, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Eles reafirmaram parcerias econômicas e comerciais e reiteraram o compromisso mútuo de promover a recuperação das duas nações no contexto pós-pandemia.

Baixar arquivo
Educação

Programa Água nas Escolas pode construir 2 mil cisternas no Nordeste

Segundo o Ministério da Cidadania, o investimento inicial de R$ 60 milhões vai beneficiar mais de 100 mil alunos em mais de 350 municípios. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa Criança Protegida é lançado no Paraná

A iniciativa oferece aos estados formação e capacitação de profissionais do Sistema de Garantia de Direitos, para melhorar o atendimento e a assistência aos menores de idade que tiverem os direitos violados.

Baixar arquivo
Segurança

Caso Marielle Franco: MP do Rio pede aumento de pena para Ronnie Lessa

Segundo a denúncia do Ministério Público, Lessa e outros quatro denunciados atuaram para impedir e embaraçar a investigação sobre os homicídios ocorridos em março de 2018.

Baixar arquivo
Política

Rede Nacional: Ministro Fábio Faria detalha privatização dos Correios

O ministro Fábio Faria destacou que o primeiro ponto do projeto de privatização dos Correios trata da universalização dos serviços postais, e deu detalhes sobre os estudos que orientaram o texto que será votado no Congresso.

Baixar arquivo