Autoridades políticas repercutem posse de Flávio Dino no STF

Publicado em 22/02/2024 - 21:28 Por Gésio Passos - repórter da Rádio Nacional - Brasília

A posse do novo ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino repercutiu no mundo político. Após o evento nesta quinta-feira (22), autoridades presentes falaram da expectativa com a entrada do novo jurista. 

O senador Randolfe Rodrigues, líder do governo no Congresso, comparou Dino ao ex-presidente da República, ministro do Supremo e senador Epitácio Pessoa. 

"Primeiro está tomando posse aqui uma da mais extraordinárias figuras públicas da história de nosso país. Tanto que a trajetória dele falar per si. Só ele e Epitácio Pessoa, em toda a história, conseguiram ocupar tantos cargos distintos em várias esferas do poderes Judiciário, Executivo e Legislativo e sempre começando emanado pelo voto popular, com a diferença que ele ainda foi governador de estado por dois períodos", lembra Randolfe. 

O deputador federal Pastor Henrique Vieira (Psol/RJ), reforçou o senso de justiça social de Flávio Dino. 

"O conhecimento jurídico que ele tem da Constituição, a sensibilidade social e o senso de justiça, acho que vai ser um excelente ministro", comentou o deputado. 

Já o governador do Pará, Helder Barbalho, ressaltou os conhecimentos jurídicos do novo ministro do STF. 

"O Dino é um homem preparado juridicamente, com a carreira jurídica que o habilita para o exercício pleno. Certamente engradece com seu currículo o Supremo Tribunal Federal e o Poder Judiciário brasileiro", disse Barbalho. 

O ministro da Micro e Pequena Empresa, Márcio França, destacou a perda do colega de partido, o PSB, que Dino era filiado, mas o ganho para o Supremo. 

"É uma visão mais politizada que a gente sempre sentiu muita falta de alguém que já tenha passado pela carreira também político eleitoral. Eu achei um grande acerto", comenta França. 

Flávio Dino vai herdar mais de 340 processos da ministra aposentada Rosa Weber, entre eles ações que envolvem a pandemia de covid-19, indulto natalino e a questão do aborto. 

Edição: Jacson Segundo / Liliane Farias

Últimas notícias
Segurança

PF e Antidrogas do Paraguai destroem 800 toneladas de maconha

Mais de 800 toneladas de maconha foram destruídas pela Polícia Federal e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai. As entidades trabalham juntas no combate às plantações da droga no país vizinho por meio da operação Nova Aliança, que já teve 43 fases.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

MPF busca anular concessão de blocos de petróleo na Amazônia

O Ministério Público Federal quer anular a concessão de quatro blocos de exploração de petróleo e gás no Estado do Amazonas e entrou com uma ação pedindo que o leilão perca efeito.

Baixar arquivo
Justiça

STF forma maioria para ampliar foro privilegiado

Um pedido de vista do ministro André Mendonça suspendeu o julgamento. A tese do relator, ministro Gilmar Mendes, é a de que o político - que tem o foro privilegiado - continue sendo julgado pelo STF pelos crimes praticados durante o mandato ou que tenham relação com ele mesmo depois da saída do cargo.

Baixar arquivo
Geral

Sobe para 9 o número de mortos em tombamento de ônibus na BR-101

Chega a nove o número de vítimas fatais no tombamento de um ônibus de turismo, na rodovia BR-101, no sul da Bahia.

Baixar arquivo
Economia

Volume de serviços recua 0,9% após três meses de alta

Quatro das cinco atividades investigadas pelo IBGE tiveram queda, entre elas, serviços de aluguel de máquinas e informação e comunicação. Apenas os serviços prestados às famílias registraram variação positiva, de 0,4%.

Baixar arquivo
Geral

Petrobras vai recorrer contra suspensão de conselheiro

O Conselheiro Pietro Adamo Sampaio Mendes foi suspenso provisoriamente nessa quinta-feira (11) pela Justiça Federal de São Paulo depois de ser nomeado para o cargo pelo governo federal.

Baixar arquivo