Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Dino vai integrar a Primeira Turma do STF

Publicado em 22/02/2024 - 21:16 Por Gésio Passos - repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Supremo Tribunal Federal agora conta oficialmente com um novo ministro. É Flávio Dino, que tomou posse nesta quinta-feira (22).

O evento foi disputado. Diversas autoridades estiveram no plenário do STF, como o presidente Lula, o vice-presidente Geraldo Alckmin, o presidente da Câmara, Arthur Lira, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, entre outros.

Como manda a tradição, Flavio Dino foi conduzido ao plenário pelo decano da Corte, o ministro com mais tempo no STF, Gilmar Mendes, e pelo ministro mais recente, Cristiano Zanin.

Dino prestou juramento de cumprir seus deveres conforme a Constituição Federal e as leis.

“Prometo, bem e fielmente, exercer o cargo de ministro no Supremo Tribunal Federal em conformidade com a Constituição e as leis do país”, jurou.

O presidente do STF, o ministro Luis Roberto Barroso, destacou a trajetória de Dino em sua saudação de posse.

“Eu apenas me limito a fazer uma brevíssima saudação de boas-vindas ao nosso novo ministro, Flávio Dino, que é uma pessoa que é recebida por todos nós com imensa alegria. Um homem público que serviu ao Brasil em muitas capacidades e nos três poderes”, pontuou Barroso.  

Após a cerimônia, o ministro recebeu os cumprimentos no salão branco.

Flávio Dino deixa 18 anos de vida política. Ele foi deputado federal, presidente da Embratur, governador do Maranhão por duas vezes, senador e estava a frente do Ministério da Justiça. Ele renunciou ao mandato de senador, eleito em 2022, para assumir a cadeira de ministro.

Aos 55 anos, Dino volta ao judiciário, onde começou sua vida pública. Foi juiz federal por 12 anos. Ainda atuou como secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça e presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil. Dino é formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, onde também é professor, e tem mestrado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco.

Flavio Dino assume a vaga aberta com a saída da ministra Rosa Weber, que se aposentou em setembro do ano passado. Ele vai integrar a Primeira Turma do STF, ao lado dos ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Cristiano Zanin e Cármen Lúcia.

Depois do evento oficial, Dino participou de uma missa de ação de graças na catedral de Brasília. O novo ministro preferiu não participar de um tradicional jantar oferecido por associações de magistrados para novos ministros do Supremo.

 

Edição: Jacson Segundo / Fran de Paula

Últimas notícias
Geral

Após apagão em Manaus, ONS e e Amazonas Energia investigam causas

O Ministério das Minas e Energia criou uma sala de situação em conjunto com o Operador Nacional de Energia (ONS) e a Amazonas Energia para entender porque houve desligamento dos Circuitos 1 e 2 da linha de transmissão Lechuga-Manaus.

Baixar arquivo
Geral

Domínio de grupos armados no RJ dobra em 16 anos

As informações são do Mapa dos Grupos Armados, lançado nesta segunda-feira. O Mapa é uma parceria entre o Instituto Fogo Cruzado e o Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos, da Universidade Federal Fluminense.

Baixar arquivo
Geral

MP de São Paulo denuncia esquema envolvendo empresas de ônibus

A Operação Fim da Linha investiga suposto esquema de lavagem de dinheiro, por meio de empresas de ônibus que circulam na capital paulista.  

Baixar arquivo
Economia

Ipea: inflação cai e alívio é maior para famílias de alta renda

A inflação desacelerou para todas as faixas de renda no mês de março.

É o que aponta o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda divulgado nesta segunda-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Baixar arquivo
Justiça

Enel vai recorrer da decisão da justiça sobre atendimento a clientes

Justiça de São Paulo determinou que Enel cumpra o prazo de um minuto para atender cliente por telefone/whatsapp e o prazo máximo de 30 minutos para atendimento presencial na empresa. 

Baixar arquivo
Segurança

Polícia Federal investiga barco com corpos no litoral do Pará

A perícia no barco com corpos à deriva, encontrado no litoral do Pará, deve começar nesta segunda-feira, pela Polícia Federal.

Baixar arquivo