MPF recomenda que Funai renove portarias que protegem terras indígenas

Publicado em 19/09/2021 - 15:10 Por Gabriel Brum - Rádio Nacional - Brasília

O Ministério Público Federal recomendou, por meio de nota técnica, à Funai, Fundação Nacional do Índio, a prorrogação, de forma urgente, das portarias de restrição de uso de quatro Terras Indígenas, que podem perder a validade nos próximos meses. São as terras Jacareúba/Katawixi, no Amazonas, Piriti, em Roraima, Ituna-Itatá, no Pará, e Piripkura, no Mato Grosso.

A medida de restrição de uso impede a exploração de recursos naturais em terras indígenas e o acesso de pessoas não autorizadas. No caso do território Piripkura, a restrição perderia a validade no sábado (18), mas foi prorrogada por mais seis meses com a publicação da portaria 390.

Para o Ministério Público, no entanto, esse prazo é muito curto para a conclusão dos procedimentos demarcatórios da área, porque o grupo técnico responsável pelos trabalhos foi recém constituído e questionado judicialmente pelo MPF.

Os procuradores dizem na nota que apenas sobre a área do povo Piripkura existem 55 pedidos de exploração de minério. Além disso, foram detectados mais de dois mil e cem hectares desmatados entre agosto de 2020 e abril de 2021.

A nota técnica encaminhada pelo MPF à Funai argumenta que o fim da validade das portarias abriria os territórios, onde vivem povos indígenas em isolamento voluntário, para grilagens e ocupações irregulares pelas madeireiras e garimpeiros.

Os procuradores que assinam o documento afirmam que as portarias da Funai são as únicas formas de proteção das áreas e dos povos isolados.

 

Edição: Roberto Piza / Suzana Guimarães

Últimas notícias
Geral

Companhias aéreas voltam a oferecer serviço de bordo

A liberação do serviço de bordo foi possível após decisão tomada pela Anvisa no último dia 12

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo