Estudo mostra formas sustentáveis de construção de barcos na Amazônia

Publicado em 06/01/2022 - 19:19 Por Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Com quantos paus se faz uma canoa? E com que madeira a embarcação é mais segura, e também causa menos danos à floresta?

Para responder a essas perguntas, um estudo da Universidade Estadual do Pará pesquisou o uso de diferentes tipos de madeira para construção de embarcações no Sudeste do estado. 

A madeira foi coletada durante visitas a estaleiros da região. As espécies mais utilizadas pelos construtores são piquia e tatajuba, mas também foi identificada a castanheira, uma árvore protegida por legislação federal, e que não pode ser derrubada.

O estudo também verificou que existem semelhanças nas madeiras utilizadas para a produção de barcos na região, de acordo com a tecnologia utilizada – nem muito macias, nem duras demais.

O coordenador da pesquisa, professor Luiz Eduardo Melo, revela que, como a construção de grande parte dos barcos na Amazônia é tradicional, quase artesanal, e com baixa tecnologia, é comum o equívoco na escolha das madeiras, como no caso da castanheira, às vezes até por desconhecimento do construtor.

O engenheiro florestal Marcelo Mendes Braga Júnior, que também participa da pesquisa, informa que, com o estudo, vai ser possível ampliar o número de madeiras em condições de serem utilizadas para construção de barcos na região, que hoje está limitado a menos de dez espécies. E assim, equilibrar a pressão sobre os recursos naturais. 

De acordo com os pesquisadores, os resultados do estudo podem contribuir com o mercado madeireiro na região, tanto no controle da madeira extraída, como para promover um melhor aproveitamento dessa matéria-prima. A pesquisa Propriedades Tecnológicas da Madeiras Utilizadas em Barcos no Sul do Pará já está publicada, no Brasil e no exterior.

Edição: Bianca Paiva / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Saúde

Chegam mais doses da vacina para crianças; estados começam imunização

Chegou ao Brasil neste domingo (16) mais uma remessa da vacina Pfizer para a imunização de crianças a partir de cinco anos. O novo lote, com 1,2 milhão de doses desembarcaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, pela manhã.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro segue testando para covid-19

O  estado do Rio de Janeiro está ampliando sua rede de testagem para Covid. A expectativa do governo é oferecer 5 mil e 800 testes por dia, já a partir desta segunda-feira (17).

Baixar arquivo
Educação

Reaplicação do Enem 2021 termina neste domingo

Hoje (16) é o segundo dia de reaplicação de provas para os candidatos do  Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, 2021 em todo o país. Os estudantes vão responder a 90 questões de ciências da natureza e matemática. 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Rio de Janeiro começa vacinação de crianças nesta segunda

A meta é vacinar cerca de 1,5 milhão de crianças, entre 5 a 11 anos, contra a covid.

Baixar arquivo
Saúde

Estado do RJ registra novo recorde de casos de covid em 2022

Foram confirmados nesta sexta-feira (14) mais de 16 mil casos. Até então, o maior número de diagnósticos positivos neste início de ano tinha sido registrado no dia anterior, com mais de 12.800 ocorrências.

Baixar arquivo
Saúde

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave aumentam 135% no Brasil

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Brasil deram um salto de 135% quando comparadas as três últimas semanas de novembro do ano passado com os últimos 21 dias.

Baixar arquivo