Bahia prepara evento para marcar retorno da ararinha-azul à natureza

Publicado em 10/06/2022 - 12:26 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Depois de 20 anos, o grande encontro: a natureza e a ararinha-azul. Considerada extinta, a famosa ave de cor azul vai retornar ao seu habitat. Esse grande evento para a biodiversidade brasileira acontece neste sábado (11), no município de Curaçá, na Bahia, onde funciona uma unidade de conservação federal do ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, criada especialmente para as reintroduções das ararinhas-azuis no Brasil.

A espécie é considerada engenheira do ambiente, pela sua grande capacidade de dispersão de sementes e, por isso, é essencial para o equilíbrio do meio onde vive. Essa reintrodução da ararinha à natureza faz parte da estratégia do 2º ciclo do Plano de Ação Nacional, que busca aumentar a população dessas aves, conservando seu habitat. 

A veterinária do ICMBio, Camile Lugarini, explica que as duas ararinhas que serão soltas, junto com um grupo de outras aves como maracanã, chegaram ao Brasil em 2020, vindas da Alemanha. Ela conta que os animais foram alimentados, tratados e preparados para esse momento.

Camile destaca, ainda, que nesse primeiro momento, a soltura será mais branda, até que se adaptem à liberdade.

As portas do recinto de soltura serão abertas e as ararinhas estarão livres para sair e voltar quando quiserem. Além disso, será fornecida suplementação alimentar diariamente para que elas fiquem independentes dos cuidadores de maneira mais lenta, até que tenham capacidade de sobreviver sozinhas. Dois dias antes de ganharem o céu, as ararinhas-azuis receberão colares transmissores para o monitoramento, além de anilhas e microchips.

ararinha-azul foi descoberta há mais de 200 anos pelo pesquisador alemão Johann Baptist von Spix. O último exemplar desapareceu da natureza no ano 2000, quando, então, foi declarada oficialmente extinta no Brasil. O declínio da espécie começou ainda na década de 1980, a partir da caça e a destruição do habitat.

Últimas notícias
Justiça

Alagoas: Ministério Público realiza operação contra fraude tributária

Uma operação investiga empresas de fachada que emitiram R$ 76 milhões em notas fiscais falsas. Ao todo cinco empresas estão sendo investigadas por fraude fiscal em São Paulo e Alagoas.

Baixar arquivo
Esportes

Libertadores: Atlhetico-PR enfrenta o Estudiantes nesta quinta-feira

Se quiser manter viva a chance de conquistar a Libertadores pela primeira vez e levantar novamente o caneco da Copa do Brasil, o Furacão vai ter que passar por adversários difíceis.

Baixar arquivo
Educação

Superdotação: desafio é identificar pessoas com altas habilidades

O dia 10 de agosto é o dia Mundial da Superdotação. No Brasil, mais de 24 mil crianças foram identificadas como superdotadas. Mas esse número pode ser muito maior.

Baixar arquivo
Cultura

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro ocorre nesta quarta-feira

A 21ª edição também marca o retorno da festa presencial, já que em 2020 e no ano passado foi realizada virtualmente por causa da pandemia de covid-19.

Baixar arquivo
Esportes

Começa a etapa regional, de Brasília, das Paralimpíadas Escolares 2022

Etapa nacional das Paralimpíadas Escolares começa dia 23 de novembro, em São Paulo. Os estudantes podem participar de 24 modalidades como basquete em cadeiras de rodas, parabadminton e Golbol.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Santa Catarina: ciclone extratropical deixa estragos em várias cidades

O fenômeno causou rajadas de vento de cerca de 90 quilômetros por hora. Algumas cidades, como a capital Florianópolis, registraram precipitação de quase 200 milímetros nas últimas 24 horas.

Baixar arquivo