Paes toma posse chamando gestão de Crivella de “herança maldita”

Prefeito do Rio publicou 70 decretos com itens prometidos em campanha

Publicado em 01/01/2021 - 15:47 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, do DEM, e seu vice Nilton Caldeira, do PL, tomaram posse na tarde desta sexta-feira (1º), em cerimônia restrita na Câmara Municipal.

No discurso de posse para seu terceiro mandato à frente do executivo carioca, Paes, de 51 anos, afirmou que pega a prefeitura com um cenário desastroso. Mas que não vai ficar olhando pra trás e reclamando do que chamou de "herança maldita".

Logo neste primeiro dia da sua administração, o novo prefeito do Rio publicou cerca de 70 decretos que estabelecem prazos e tarefas para o cumprimento de promessas feitas durante a campanha, como a recuperação dos sistemas de saúde, de ensino e de transporte, assim como a revitalização da região central da cidade.

Paes também antecipou que no domingo vai anunciar uma série de medidas de enfrentamento à covid-19. Entre elas, a criação de um comitê de especialistas, majoritariamente formado por pessoas de fora da prefeitura, um centro de Operações de Emergência para acompanhar a evolução da doença e abertura de 343 novos leitos hospitalares para atendimento de pacientes com o novo coronavírus.

Outro foco da sua gestão, segundo Paes, é o combate à corrupção, com a execução do programa Rio Integridade para mudar as práticas da administração pública.

O prefeito ainda destacou que quer fazer com que o Rio seja exemplo de práticas antirracistas, e que privilegiou a indicação de um secretariado jovem, para dar conta dos novos tempos e desafios de fazer um governo transformador.

Eduardo Paes comandou a capital fluminense entre 2009 e 2017. Também já foi vereador e deputado federal e, em 2018, concorreu ao cargo de governador, perdendo no segundo turno contra Wilson Witzel.

Antes do prefeito, a Câmara deu posse aos 51 vereadores eleitos e indicou a nova mesa diretora da Casa. Carlo Caiado, do mesmo partido de Paes, o DEM, vai presidir os trabalhos legislativos.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

SP: motoristas e cobradores de ônibus começam a ser vacinados

Motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais do estado de São Paulo começaram a ser vacinados nesta terça-feira. Vão receber a vacina as pessoas com mais de 47 anos, e a previsão é imunizar 165 mil trabalhadores.

Baixar arquivo
Saúde

Câmara discute autorização do cultivo da maconha para uso medicinal

Agressão e bate-boca marcaram a discussão na Câmara dos Deputados sobre o projeto de lei que autoriza o cultivo da maconha para fins medicinais e a votação da medida foi adiada.

Baixar arquivo
Segurança

Golpe! Falsários enviam carta informando sobre supostas indenizações

Mais um golpe na praça. Tem gente se passando por representante do Ministério da Economia e enviando uma carta para contribuintes informando sobre supostas indenizações ou resgate de contribuições previdenciárias.

Baixar arquivo
Internacional

Consulado do Japão oferece 6 tipos de bolsas de estudo a brasileiros

As oportunidades são para cursos de graduação com duração de 5 anos; escola técnica com previsão de formação em 4 anos e cursos profissionalizantes com duração de 3 anos.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeitura do Rio vacina pessoas a partir de 41 anos com comorbidades

A partir desta semana, a Prefeitura do Rio de Janeiro passa a vacinar duas faixas etárias por dia contra a covid-19. A imunização será para quem tem 42 e 41anos e tem comorbidades. Profissionais de saúde também devem procurar os postos de vacinação de acordo com a idade.

Baixar arquivo
Cultura

RJ: Palacete do Museu Histórico da Cidade reabre após dez anos fechado

Depois de uma década fechado, o Palacete do Museu Histórico da Cidade, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro, foi reaberto nesta terça-feira (18), que comemora o Dia Internacional dos Museus.

Baixar arquivo