Projeto de lei quer tornar crime impedir filmagem de vacinação

Graças ao registro em imagem, falsas aplicações foram descobertas

Publicado em 17/03/2021 - 17:25 Por Leandro Martins - Brasília

Diante de vários casos de imunização falsa, o Senado aprovou um projeto de lei que garante o direito de levar um acompanhante e também de registrar o momento em foto ou vídeo, desde que não atrapalhe o trabalho dos profissionais de saúde.

Outro direito da pessoa imunizada contra o coronavírus é ser informada sobre o lote da vacina que recebeu, que vai constar no cartão de vacinação.

Essas medidas foram aprovadas nessa terça-feira, no Projeto de Lei 496, do Senado, que vai tornar crime impedir o registro do momento da vacinação, seja pelos profissionais da vacinação ou por qualquer outra pessoa.

Segundo o relator do projeto, senador Álvaro Dias, do Podemos paranaense, o que se pretende é evitar casos de falsa vacinação contra Covid-19 ocorridos recentemente, como vacinação forjada de alguns pacientes com seringas vazias, a chamada “vacina de vento”, para o desvio de doses. Depois das denúncias, algumas unidades de saúde passaram a proibir registros ou selfies da imunização.

Esses casos de falsa vacinação serviram para alertar pessoas que ainda não tinham recebido o medicamento, como a aposentada Maria José dos Santos, de 74 anos, que mora em Brasília. Ela recebeu a vacina no dia 11 de março, e ficou de olho na hora da aplicação.

O projeto ainda estabelece punições para quem furar a fila da ordem da fila de prioridades na vacinação. O texto segue agora para análise na Câmara dos Deputados.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Governo do RJ cria comitê de segurança hídrica

Baixo volume de chuvas acendeu o sinal de alerta em todo o país e levou o Governo do Estado do Rio de Janeiro a criar a iniciativa para definir um plano de ações na busca de conter os impactos da situação hídrica.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Leilão da tecnologia 5G será no dia 4 de novembro

Anatel aprovou nesta sexta-feira (24) o edital, que deve ser publicado até a próxima segunda-feira (27). O valor econômico ficou em quase R$ 50 bilhões, sendo que parte desse dinheiro deverá ser investido. Com a implantação da infraestrutura de rede, a agência espera R$ 163 bilhões de investimentos nos próximos 20 anos.

Baixar arquivo
Saúde

Capitais têm nível alto de transmissão comunitária do coronavírus

Mas, Fiocruz informa que casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave caíram no Brasil. Uma das justificativas é o aumento da população vacinada contra a covid-19.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

ONU: Brasil participa do Diálogo de Alto Nível sobre Energia

Presidente Jair Bolsonaro participou do Diálogo de Alto Nível sobre Energia, por meio de vídeo. Convocado pelo Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, o encontro é o primeiro, em 40 anos, que trata exclusivamente do tema “geração de energia”.

Baixar arquivo
Saúde

Estados e DF recebem cinco milhões de doses da Pfizer até este sábado

A informação é do Ministério da Saúde, que iniciou o envio das doses, para os adolescentes e, também, como reforço para idosos acima de 70 anos e pessoas imunossuprimidas. Parte dos imunizantes vai garantir a segunda dose da população brasileira.

Baixar arquivo
Economia

IPCA-15 ficou em 1,14 em setembro e acumula alta de 10,05 em 12 meses

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial no país, chegou a 1,14% em setembro deste ano. A taxa é a maior taxa para setembro desde 1994 de 1,42%.

Baixar arquivo