Casos de dengue, zika e chikungunya caem 97% na cidade do Rio durante pandemia

Durante pandemia

Publicado em 02/07/2020 - 20:06 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

Os casos de dengue, zika e chikungunya no município do Rio de Janeiro tiveram queda de mais de 97% durante o período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

 

A chikungunya foi a que teve a maior redução, cerca de 99,3%, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde. De março a junho de 2020, foram registrados 224 casos, contra mais de 30 mil no mesmo período do ano passado.

 

A dengue teve queda de mais de 14,3 mil. Os quatro meses em que as medidas de restrição estiveram vigentes no município registraram no total 308 pacientes infectados. Uma queda de quase 98%.

 

A zika, também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, é a que tem menor incidência no município, ainda assim, a queda nos números foi de 98,9%. Foram 805 casos de março a junho do ano passado contra 9 no mesmo período deste ano.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o início do ano há uma tendência de queda em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, a redução é mais expressiva a partir do início do isolamento social. 

 

Nadja Greffe, superintendente de Vigilância em Saúde da Prefeitura, avalia que o fato de as pessoas permanecerem mais tempo em casa pode ter gerado uma mudança no comportamento da população voltada a prevenção aos criadouros do mosquito, mas Greffe afirma que também pode haver uma subnotificação dos casos.


A superintendente alerta, no entanto, que a redução nos números não deve ser motivo para que a população relaxe os cuidados, que devem ser mantidos.


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a Vigilância Ambiental também observou a partir de março, durante o período de restrições por causa da pandemia, uma queda na produção de ovos do mosquito Aedes aegypti.

Últimas notícias
Saúde

Nova variante da Covid chega a Bélgica e preocupa Europa

De acordo com o Ministério da Saúde belga, trata-se de alguém que veio do exterior não vacinado e que testou positivo no dia 22 de novembro

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz submete à Anvisa pedido de registro com IFA nacional

A Fundação Oswaldo Cruz submeteu, nesta sexta-feira, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pedido de inclusão de Biomanguinhos como unidade produtora do IFA, Ingrediente Farmacêutico Ativo, utilizado para fabricação do imunizante.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro entra na bandeira verde do risco Covid

Os dados estão no novo Mapa de Risco e mostram que, pela primeira vez, o risco de transmissão da Covid estão muito baixos no estado.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro vacina mais de 67 mil pessoas em um único dia

Prefeitura faz campanha para vacinação contra a Influenza A. Qualquer pessoa, a partir dos seis meses de idade, pode ser vacinada.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Amapá lança campanha de registro civil de pessoas trans

Para mudar o nome que está registrado na certidão de nascimento, é só ir a um cartório e fazer a solicitação, sem a necessidade comprovação de cirurgia de mudança de sexo ou decisão judicial.

Baixar arquivo
Geral

Pesquisa diz que 48% dos entrevistados viajaram de avião na pandemia

O levantamento, feito pelo Conselho Internacional de Aeroportos, indicou que quase metade das pessoas ouvidas viajaram desde o início da pandemia e têm maior probabilidade de viajar de avião novamente.

Baixar arquivo