CoronaVac: Anvisa autoriza compra de insumos para 40 milhões de doses

Com importação de matéria-prima, Butantan poderá produzir vacina

Publicado em 28/10/2020 - 19:52 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação da matéria-prima necessária para a produção de 40 milhões de doses da vacina CoronaVac, que está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

A autorização foi aprovada por unanimidade pela diretoria colegiada da Anvisa, mas acontece em caráter excepcional, já que a vacina ainda não tem registro no Brasil e está em estudo clínico, na chamada fase III, que vai avaliar a eficácia do imunizante na prevenção de casos de covid-19.

A decisão foi anunciada pela agência horas depois da cobrança feita pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, questionando a demora na liberação.

O pedido para importação do princípio ativo para a produção de 40 milhões de doses da vacina foi feito há pouco mais de um mês, no dia 23 de setembro. Agora, com a autorização, o Butantan pode começar a fabricar o imunizante.

Mas a vacinação propriamente dita ainda não está autorizada, e isso só vai acontecer depois que a CoronaVac passar por todos os testes clínicos. Segundo o Instituto Butantan, a vacina já se mostrou segura, e agora precisa comprovar que é efetiva para a prevenção.

Na semana passada, a Anvisa já tinha autorizado a importação de 6 milhões de doses da vacina pronta. 

Últimas notícias
Meio Ambiente

STF adia decisão sobre acordo coletivo no transporte

O Supremo Tribunal Federal adiou, nesta quinta-feira, a conclusão do julgamento que vai decidir se as convenções coletivas que tratam de direitos não previstos na Constituição prevalecem sobre as leis trabalhistas. 

Baixar arquivo
Justiça

PGR arquiva pedido de investigação contra Alexandre de Moraes

Na semana passada Bolsonaro entrou com a ação na PGR, que é semelhante à queixa-crime por abuso de autoridade protocolada no STF contra Moraes e rejeitada pelo ministro Dias Toffoli. 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de Saúde: ANS autoriza reajuste mais alto da história, 15,5%

A maioria dos diretores da ANS, Agência Nacional de Saúde Suplementar, decidiu que as operadoras de saúde podem reajustar o valor da mensalidade dos planos individuais e familiares em até 15,5%. Foram 4 votos a 1.

Baixar arquivo
Política

Alesp registra recorde em processos por quebra de decoro parlamentar

Os deputados e deputadas da atual legislatura respondem por mais de 97% de todas as representações e denúncias registradas no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do estado.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas que atingem o Nordeste devem se intensificar no fim de semana

A informação é do Instituto Nacional de Meteorologia que emitiu alerta vermelho para o leste do Nordeste, onde as chuvas podem atingir de 150 a 200 milímetros por dia entre sexta-feira e domingo

Baixar arquivo
Geral

RJ: Polícia Civil agora afirma que foram 23 mortos na Vila Cruzeiro

A Polícia Civil informou que outros três mortos que chegaram ao Instituto Médico Legal eram, na verdade, de outra ocorrência no morro do Juramento, também na zona norte.

Baixar arquivo