OMS constata abandono de serviços de saúde mental em 93% de 130 países

Mas especialistas recomendam atenção especial durante a pandemia

Publicado em 10/10/2020 - 09:01 Por Lucas Pordeus León - Brasília

Hoje (10) é o Dia Internacional da Saúde Mental, tema que pode ter sido deixado de lado com o surgimento da pandemia da covid-19, segundo a OMS, a Organização Mundial da Saúde.

Mas os especialistas alertam: o novo vírus tem impactos sobre a saúde mental de toda a população. Por causa disso, os governos devem manter serviços assistenciais para depressão, ansiedade, consumo abusivo de álcool e outras drogas, e demais patologias associadas à saúde mental.

Um estudo da OMS revelou que 93% dos 130 países pesquisados interromperam os serviços de saúde mental por causa da pandemia neste ano. Isso ao mesmo tempo que o novo coronavírus tem aumentado a demanda por esse tipo de atendimento.

A diretora da OMS para Saúde Mental, Devora Kestel, ressaltou que, com a pandemia, é preciso aumentar o investimento nessa área da saúde.

A pesquisa da OMS realizada de junho a agosto deste ano revela que mais de 60% dos países relataram interrupção generalizada de serviços de saúde mental, sendo que 35% dos países também interromperam os atendimentos de emergência nessa área.

A presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria do Distrito Federal, Renata Figueiredo, afirma que não é possível ter saúde sem saúde mental. Ela ressalta que, quando estamos abalados pela tristeza, cansaço, falta de vontade ou de prazer, temos dificuldade para realizar ações básicas e de lazer, como praticar atividade física e cuidar da alimentação.

A psiquiatra destaca que, como a pandemia passou a ser prioridade, os serviços de saúde mental têm sido reduzidos.

Neste Dia Mundial da Saúde Mental, a OMS reforça a necessidade de mais financiamento para o setor que, segundo a organização, conta, em média, com cerca de 2% do total do orçamento nacional de saúde dos países.

Ainda segundo estimativa da OMS, perde-se, anualmente, cerca de US$ 1 trilhão em produtividade econômica por causa de doenças como depressão e ansiedade.

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz aponta que números de doentes por covid-19 continuam altos

Em uma edição extraordinária do Boletim do Observatório Covid-19, os pesquisadores da Fiocruz alertam que o número de óbitos no Brasil permanece em um patamar alto, e o número de confirmações da doença aumentou ligeiramente, a uma taxa de 0,3%.

Baixar arquivo
Saúde

Estudo indica necessidade de atenção à saúde mental de jovem indígena

O levantamento foi feito em em cinco estados: Amazonas, Acre, Pará, Roraima e Amapá. 68% dos pesquisados disseram ainda que alguém da família contraiu a doença. Realizadora do estudo, a Fiocruz identificou a necessidade de fortalecer a assistência à saúde mental do grupo.

Baixar arquivo
Geral

Em Alagoas são entregues 500 moradias do programa Casa Verde e Amarela

Em viagem a Alagoas, o Presidente Jair Bolsonaro participou de eventos de entregas do governo federal, nesta quinta-feira. Foram entregues chaves a famílias de baixa renda, beneficiárias do programa Casa Verde e Amarela.

Baixar arquivo
Segurança

Federais prendem suspeitos em operação contra tráfico em cidades do RJ

A Polícia Federal realizou uma grande operação para combater uma quadrilha que opera o tráfico de drogas em municípios das Regiões dos Lagos e Norte do Rio de Janeiro. Oito pessoas foram presas.

Baixar arquivo
Cultura

Prorrogação da Lei Aldir Blanc é sancionada com vetos

A prorrogação da Lei Aldir Blanc foi sancionada com vetos. Apesar de manter a prorrogação até o dia 31 de outubro para programação dos recursos ao setor cultural, o presidente Jair Bolsonaro vetou dispositivos. Alegou não ser possível usar, neste ano, os recursos aprovados no ano passado.

Baixar arquivo
Educação

Prouni aceita documentos para vagas remanescentes até hoje, 13

Para conseguir uma bolsa no Pronui (Programa Universidade para Todos) é preciso se candidatar ao programa. Esta quinta-feira (13) será o último dia para os selecionados das bolsas remanescentes entregarem a documentação. Os candidatos devem enviar à instituição de ensino tudo que comprove as informações declaradas no ato de inscrição.

Baixar arquivo