Novo decreto do governador do DF visa para diminuir aglomerações

É o terceiro decreto publicado em 24 horas no Distrito Federal

Publicado em 28/02/2021 - 14:28 Por Maíra Heinen - Brasília

O Distrito Federal entrou em lockdown neste domingo (28), valendo até o dia 15 de março. O novo decreto do governador Ibaneis Rocha, publicado nesse sábado, é para diminuir as aglomerações, já que faltam leitos hospitalares para covid-19.

Este foi o terceiro decreto publicado em cerca de 24 horas, agora com liberação de mais atividades. Foi autorizado o funcionamento de bancos, parques, óticas, lotéricas, lavanderias e papelarias, além de escritórios profissionais, lojas de automóveis e atividades administrativas do Sistema S, como Sesc e Senai.

As indústrias também poderão funcionar, mas sem atendimento ao público. A frota de transporte coletivo também não vai sofrer alterações e deve funcionar normalmente.

Segundo o governo do Distrito Federal, as medidas serão avaliadas diariamente, e podem mudar a qualquer momento. O Ministério Público do Distrito Federal apoiou a determinação, como destaca o procurador José Eduardo Sabo.

No decreto anterior, as restrições valeriam apenas entre às 20h e às 5h, mas após verificar a situação dos leitos de UTI nos hospitais da capital, Ibaneis Rocha publicou novo decreto endurecendo as medidas.

Atualmente, o DF dispõe de 329 leitos, somando os de Unidade de Terapia Intensiva e os de Unidade de Cuidados Intermediários. Segundo o governador, 98% dos leitos de UTI estão ocupados.

Depois de reunião com o secretariado, Ibaneis Rocha anunciou a abertura de 100 leitos de UTI ainda nesta semana.

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz apresenta animação 3D sobre efeitos da vacina contra covid-19

O que acontece no corpo humano após a aplicação da vacina contra a covid‑19? Foi pensando em esclarecer essa questão, que a Fundação Oswaldo Cruz lançou uma animação 3D.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Bolsonaro reforça compromisso em reduzir desmatamento ilegal até 2030

Em discurso na Cúpula de Líderes sobre o Clima, presidente ainda destacou a importância do desenvolvimento sustentável para a Amazônia e colocou o Brasil à disposição para somar forças no combate às mudanças climáticas. 

Baixar arquivo
Geral

Começa em maio a vacinação contra febre aftosa em bovinos e búfalos

A partir de 1° de maio, bovinos e búfalos de todas as idades deverão ser vacinados contra a febre aftosa em 21 estados. A expectativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento é imunizar 170 milhões de animas.
 

Baixar arquivo
Saúde

Covid:22 unidades da federação estão com baixo estoque de medicamentos

Das 27 unidades da federação, 22 estão com falta ou baixo estoque de bloqueador neuromuscular, um dos medicamentos necessários para intubação de pacientes com Covid-19. O alerta foi feito pelo presidente do Conass, o Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde, Carlos Lula.

Baixar arquivo
Saúde

Motoristas e cobradores entram em grupo prioritário de vacinação no RJ

Os motoristas e cobradores de ônibus do Rio de Janeiro serão incluídos nos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo Prefeito Eduardo Paes, que ainda está em isolamento se recuperando da segunda contaminação pelo conoronavírus.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Brasil assina Declaração de Copenhague

O país agora se reúne a outros países em ações contra o crime organizado na indústria pesqueira.

Baixar arquivo