Faltam remédios de intubação em 18 estados, alertam governadores

Fórum de governadores enviaram ofício ao governo federal

Publicado em 19/03/2021 - 13:55 Por Nelson Lin, da Rádio Nacional - São Paulo - SP

Ao menos 18 estados estão com problemas de abastecimento de remédios utilizados para intubação e UTIs. O alerta é do presidente do Fórum dos governadores, o governador Wellington Dias. Os representantes do Fórum enviaram um ofício ao Ministério da Saúde e ao Presidente da República solicitando ajuda para resolver a situação. De acordo com o documento, 11 medicamentos utilizados na intubação estariam em falta ou em baixa cobertura.

Há previsão de que os insumos terminem no máximo 20 dias, em 10 estados. Já os bloqueadores neuromusculares estariam em falta ou com previsão de acabar em 20 dias, em pelo menos 18 estados. O Secretário-Executivo do Conass, Carlos Lula, destacou a necessidade urgente de o Ministério da Saúde comprar esses medicamentos no exterior, para a normalização no abastecimento no país.

Os governadores pediram, além de monitoramento contínuo da situação dos estoques de remédios, que seja feita uma compra emergencial e contínua no período de 30 dias. Solicitaram ainda o estabelecimento de uma conduta nacional para que cirurgias eletivas sejam adiadas por no mínimo 60 dias nos hospitais públicos e privados. 

Em nota, o Ministério da Saúde informou que, até o momento, 24 estados e o Distrito Federal encaminharam informações sobre o consumo médio mensal de remédios de intubação. E é com base nesses dados que o ministério faz a distribuição dos insumos. Acrescentou que na quarta-feira, foram requisitados mais de 665 mil medicamentos de intubação, suficientes para 15 dias. Isso sem contar com as compras já realizadas pelos estados.

*Com produção de Dayana Victor.

Leia também:

Anvisa busca meios para aumentar oferta de remédios de intubação

 

Edição: Leyberson Pedrosa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Série B: Náutico recebe o Vasco na disputa pelo acesso

Partida em Recife neste domingo, às 16h, vai ter transmissão da Rádio Nacional.

Baixar arquivo
Esportes

Botafogo se pronuncia sobre falta de pagamentos aos jogadores

Em nota oficial, a diretoria botafoguense diz que todos os colaboradores (incluindo os atletas) que recebem até 60 salários-mínimos estão em dia com os seus vencimentos.

Baixar arquivo
Política

Ex-governador do RJ, Pezão, retira tornozeleira eletrônica

Segundo o juiz Marcelo Bretas, da Sétima Vara Federal Criminal, a determinação já constava da sentença que condenou à prisão o ex-governador do Rio de Janeiro. Pezão foi condenado  a 98 anos de detenção, acusado de envolvimento em esquema de corrupção, em um dos processos da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Saúde

Metade da população do Brasil está imunizada contra a covid-19

O Brasil superou a marca de 50% da população com o esquema vacinal contra covid-19 completo, seja com vacinas de duas doses ou dose única. O IBGE estima que o Brasil tenha cerca de 213 milhões e 300 mil habitantes. 52% deles, quase 111 milhões, completaram a imunização.

Baixar arquivo
Justiça

Campanha quer que planos de saúde garantam tratamento pós-covid-19

As operadoras alegam dificuldade financeira para cobrir tratamentos decorrentes de complicações da doença. Já ss entidades médicas temem que o STJ altere o entendimento sobre o rol de procedimentos de cobertura obrigatória da ANS o que prejudicaria os usuários dos planos.

Baixar arquivo
Justiça

Em julgamento, TSE considera invalidas gravações em ambientes privados

O TSE voltou a considerar inválidas como prova de crimes eleitorais gravações em ambientes privados sem autorização judicial ou consentimento das partes. A decisão aconteceu no julgamento de um recurso proposto pelo MPE contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Baixar arquivo