Anvisa chega neste sábado a Moscou para vistoriar fábrica da Sputnik V

Conclusões vão subsidiar decisão sobre uso da vacina no Brasil

Publicado em 16/04/2021 - 21:07 Por Victor Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Duas equipes da Anvisa chegam neste sábado (17) a Moscou, na Rússia. Neste domingo, os técnicos têm uma reunião na Embaixada do Brasil e, de segunda a sexta-feira, vão avaliar as condições sanitárias de fabricação da vacina Sputnik V.

Três inspetores vão até a cidade de Vladimir, onde funciona a empresa Generium. E outras duas servidoras irão até Ufa, vistoriar a UfaVita. As conclusões estarão no relatório de Boas Práticas de Fabricação da vacina.

A Sputnik V é desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e, aqui no Brasil, é representada pela empresa União Química, que pediu autorização para fazer uso emergencial de 10 milhões de doses. Já um grupo formado pelo Consórcio de Governadores do Nordeste e mais três estados quer autorização para importar outros 66 milhões de doses.

Como mais de 40% dos documentos estão incompletos ou não chegaram a ser apresentados, os técnicos da Anvisa já se colocaram à disposição para receber e trazer para o Brasil essa documentação. O retorno deles está previsto para o outro sábado, dia 24.

Ainda sobre vacinas, os governadores do Consórcio Nordeste fizeram nesta sexta-feira (16) uma reunião com representantes da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Eles pediram ajuda internacional para aumentar a oferta de vacinas ao Brasil e solicitaram a suspensão temporária de patentes, para ampliar a produção de imunizantes.

Edição: Sheily Noleto/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Feirantes da Manaus Moderna vão trabalhar em balsa durante as cheias

Com a subida do Rio Negro, que ultrapassou a cota de inundação severa, com 29,47 metros, cerca de 200 feirantes da Manaus Moderna vão trabalhar em uma balsa. Nesta segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento Regional, reconheceu a situação de emergência em Manaus,

Baixar arquivo
Política

Piso salarial para enfermeiros pode ser votado no Senado

O projeto de lei que prevê um piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de parteiras da rede pública e privada pode ser colocado em votação nos próximos dias no Senado.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: internação de idosos entre 60 e 64 anos cresceu 12% no DF

Também preocupa a vacinação contra a covid-19 entre pessoas de 60 e 61 anos, que está abaixo do esperado. Até a última semana, apenas 36% desse público-alvo tinha se vacinado.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid-19: começa imunização de pessoas com comorbidades

A campanha nacional de vacinação contra covid-19 entrou oficialmente em uma nova etapa, que é a vacinação de pessoas de 18 a 59 anos com algumas doenças pré-existentes - as chamadas comorbidades - e também gestantes, puérperas e pessoas com deficiência.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: São Paulo começa a vacinar pessoas com comorbidades

O estado de São Paulo começou a vacinar nessa segunda-feira pessoas com Síndrome de Down, pacientes renais em hemodiálise e pessoas transplantadas imunossuprimidas.

Baixar arquivo
Saúde

Movimento em SP volta a crescer com flexibilização da quarentena

Movimento nas ruas de São Paulo volta a crescer com flexibilização da quarentena. No primeiro dia útil com as novas regras que flexibilizaram a quarentena no estado de São Paulo, a capital paulista registrou picos de congestionamento e transporte público lotado.

Baixar arquivo