Defensoria Pública diz que internação compulsória fere constituição

Publicado em 24/11/2023 - 16:54 Por Carolina Pessoa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Defensoria Pública da União e o Ministério Público Federal apresentaram nota técnica a respeito da proposta de política de internação compulsória de usuários de drogas na cidade do Rio de Janeiro.

A medida foi anunciada pelo prefeito Eduardo Paes em redes sociais na última terça-feira. De acordo com o prefeito, o cumprimento da medida ficaria sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde.

Na publicação, Paes afirma que é inadmissível que diferentes áreas da cidade fiquem com pessoas nas ruas que não aceitam qualquer tipo de acolhimento e que, mesmo abordadas em diferentes oportunidades pelas equipes da prefeitura e autoridades policiais, acabam cometendo crimes.

A nota técnica do DPU e do MPF diz que a determinação é inconstitucional, e alega que, de acordo com o artigo 5º da Constituição Federal o direito à liberdade é fundamental, e que ninguém será privado dele ou de seus bens sem o devido processo legal. Além disso, afirma que a saúde é um direito social, e não uma obrigação imposta aos cidadãos.

De acordo com o defensor público federal Thales Arcoverde a internação é uma exceção e não uma regra.

A nota reitera ainda que medida traduz uma política higienista, que deve ser fortemente combatida por todos os setores sociais, e que esse tipo de recurso tem como objetivo não declarado a retirada de circulação de pessoas indesejadas pela sociedade, constituindo uma ação contra à dignidade da pessoa humana.

A Nota também menciona orientações da Organização Mundial de Saúde e do Conselho Nacional de Direitos Humanos contra a internação compulsória.

Edição: Roberta Lopes / Alessandra Esteves

Últimas notícias
Saúde

Ceará registra baixa de casos de dengue

O estado tem apresentado queda em relação à média dos registros dos últimos 5 anos. Os dados são do sistema IntegraSUS, usado pela Secretaria da Saúde do Estado.

Baixar arquivo
Justiça

STF torna réus antiga cúpula da PM do Distrito Federal

Todos são suspeitos de omissão durante os atos antidemocráticos. Os ministros também decidiram pela manutenção da prisão preventiva de todos os policiais militares, para não colocar em risco as investigações.

Baixar arquivo
Justiça

Plenário do STF condena mais 15 réus por atos de 8 de janeiro

As penas variam de 12 a 17 anos de prisão. Eles foram condenados ainda, a pagar de modo solidário, uma multa de R$ 30 milhões por danos morais coletivos.

Baixar arquivo
Segurança

Rio monta esquema de segurança para receber chanceleres do G20

A Polícia Federal mobilizou 500 agentes, sendo 300 atuando diretamente junto às delegações e, os demais, nos aeroportos e em grupos de pronta intervenção.

Baixar arquivo
Geral

Agentes da Força Nacional chegam em Mossoró nesta quarta

Eles vão se juntar ao grupo de 500 agentes das Polícias Federal, Rodoviária Federal e forças locais que atuam na operação de recaptura dos detentos que escaparam da prisão de segurança máxima de Mossoró no dia último dia 14.

Baixar arquivo
Cultura

Dia do Imigrante Italiano homenageia intensa troca cultural com Brasil

Entre os imigrantes, estavam os trabalhadores nas lavouras, inclusive do café, arquitetos, artistas plásticos, padres, alfaiates, além daqueles que iriam mais tarde ajudar a indústria nacional.

Baixar arquivo