Estudo aponta segurança pública como principal desafio brasileiro

Publicado em 01/02/2024 - 19:14 Por Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Segurança Pública é o principal desafio brasileiro. No diagnóstico elaborado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), o Brasil, aparece em antepenúltimo lugar, na frente apenas do México e da África do Sul.

O estudo tem como referência metas estabelecidas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, e que devem ser cumpridas até 2030.

De acordo com o gerente de Infraestrutura da Firjan, Isaque Ouverney, o indicador avalia números da criminalidade e a percepção dos brasileiro.

Ouverney avalia que o tema deve ser enfrentado com ações integradas entre todas as esferas do governo. E destaca o impacto da segurança pública na geração de emprego e renda.

Em contrapartida ao desempenho ruim do Brasil no tema segurança pública, o país se destaca no quesito transição energética, ficando atrás apenas da Noruega.

O Brasil atualmente ocupa a presidência temporária do G20. E se prepara para receber, em novembro, a Cúpula de Líderes do grupo, que é formado pelas principais economias do mundo. Como sede do evento, o Rio de Janeiro será palco de debates prioritários do governo brasileiro como o combate à fome, à pobreza e à desigualdade, as três dimensões do desenvolvimento sustentável (econômica, social e ambiental) e a reforma da governança global.

* Com colaboração de Bruno Moura.

Edição: Priscilla Mazenotti / Pedro Lacerda

Últimas notícias
Geral

Portos e Aeroportos e Anac irão investigar morte de cão Joca em avião

O cão Joca morreu aos cuidados da Gol. Ele foi embarcado para o destino errado e ficou oito horas dentro do canil, a uma temperatura de 36°. Presidente Lula prestou homenagem ao golden retriever, usando uma gravata com cachorros.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Caso Bruno e Dom: Justiça adia julgamento sobre júri popular

O desembargador federal retirou o julgamento da pauta para avaliar o pedido dos advogados de defesa. Ele também não divulgou nova data para retornar a apreciação. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Letalidade policial no Brasil preocupa, aponta Anistia Internacional

“As polícias do Brasil não usam a inteligência como ferramenta. Usam a brutalidade, o tiroteio, as armas, a matança", afirma Jurema Werneck, Diretora Executiva da Anistia Internacional Brasil. Relatório da organização mostra violações de direitos humanos em mais de 150 países. No Brasil, as denúncias em 2023 aumentaram 41%, em relação a 2022.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Indígenas capturam 12 garimpeiros em Território Yanomami

Os garimpeiros foram escoltados até uma equipe da Força Nacional e serão levados para sede da Polícia Federal em Boa Vista. 

Baixar arquivo
Educação

São Paulo oferece curso inédito de licenciatura intercultural indígena

O curso é voltado a docentes que lecionam em escolas de terras indígenas de São Paulo dos povos Guarani Mbya e Nhandewa, e também das etnias Kaingang, Krenak e Terena.

Baixar arquivo
Educação

Professores indígenas na Bahia terão mesmo salário da rede estadual

A lei que reestrutura a carreira de professores indígenas foi sancionada pelo governador, Jerônimo Rodrigues. E assegura condições, gratificações e adicionais previstos para o magistério público dos ensinos fundamental e médio. 

Baixar arquivo