Pesquisadores da USP desenvolvem ventilador pulmonar de baixo custo

Batizado de Inspire, equipamento pretende suprir demanda de hospitais

Publicado em 05/04/2020 - 13:56 Por Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

Pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) estão desenvolvendo um ventilador pulmonar de baixo custo, que poderá ser fabricado apenas com componentes disponíveis no mercado brasileiro. Batizado de Inspire, o ventilador pretende suprir grande demanda do aparelho hospitalar devido à pandemia do coronavírus.

 “A cadeia de produção instalada atualmente deste tipo de equipamento talvez não consiga sustentar a demanda da população brasileira nas próximas semanas”, destacou um dos coordenadores do projeto, o professor Raul González Lima, especialista em Engenharia Biomédica e um dos coordenadores do projeto, titular do Departamento de Engenharia Mecânica da Poli-USP .

“Esses equipamentos [hoje comercializados] dependem de muitos componentes importados, e nem todos estão em estoque na quantidade necessária. Os componentes podem não chegar a tempo para fazer essa produção”, acrescentou.

Protótipo de ventilador pulmonar produzido por pesquisadores da USP
Protótipo de ventilador pulmonar desenvolvido por pesquisadores da USP é do tipo aberto, sem linhas de ar comprimido - Divulgação/ Poli/USP

O aparelho, cujo protótipo já está em produção, é do tipo aberto. Ele não precisa de linhas de ar comprimido – que também poderão estar em falta nos hospitais brasileiros em razão do grande número de pacientes decorrentes da pandemia.

“Possivelmente faltarão linhas de ar comprimido nos leitos de hospital, o que torna necessário o bombeamento de ar para o paciente, na hipótese da indisponibilidade. É uma demanda crítica e pontual, e depois essa tecnologia pode ser usada em áreas remotas, em que um hospital não esteja próximo”, ressaltou o professor.

Robôs de telepresença

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP já está testando três robôs para o teleatendimento de pessoas com suspeita de coronavírus e também para “televisitas”, quando o paciente está impossibilitado de receber visitas. 

“O departamento de gastroenterologia da Faculdade de Medicina da USP chegou para a gente com demanda de proteger colaboradores contra a possibilidade de contaminação daqueles pacientes que chegam da rua com sintomas. Procuramos uma solução colocando um funcionário ou enfermeira por trás de uma telepresença para fazer essa triagem”, explicou a coordenadora do projeto, a médica Lilian Arai.

De acordo com a médica, os aparelhos foram emprestados por uma empresa que está fazendo uma ação social durante a crise. De acordo com Arai, os equipamentos têm papel fundamental na humanização dos pacientes internados com coronavírus.

“Os pacientes que estão internados não tem acesso aos contatos com parentes, a atendimentos psicológicos. Então estamos buscando encontrar formas de dar um alento do lado mais humanitário.

É o robô que vai estar trazendo para a gente a possibilidade de humanização no atendimento desses pacientes”, destacou.

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
basquete em cadeira de rodas, seleção brasileira, Rio 2026
Esportes

Coluna - Justo ou injusto?

Reclassificação no basquete tira atletas do movimento paralímpico. Dos 132 reenquadrados, 119 foram considerados aptos a competir em Tóquio, e nove inelegíveis.

 

Ensino a distância cresce mais que presencial
Educação

MEC autoriza aulas a distância em escolas técnicas federais de ensino

Instituições que optarem por suspender aulas presenciais deverão repô-las integralmente e poderão alterar calendários escolares, inclusive recessos e férias.

A Polícia Federal prende o banqueiro Eduardo Plass em nova etapa da Operação Hashtag, desbodramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.
Geral

Polícia Federal faz operação contra fraudes nos Correios

Cargas eram distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento inferior, dando prejuízo de R$ 94 milhões aos Correios. Foram expedidos mandados de afastamento de funcionários.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

São Paulo usa Metrô para vacinar adultos e crianças 

Não é necessário apresentar carteirinha de vacinação. Em todas as estações do Metrô de São Paulo, a campanha estará na área livre do mezanino. Vacinas evitam diversas doenças.

O ministro Gilmar Mendes, durante a segunda parte da sessão de hoje (23) para julgamento sobre a validade da prisão em segunda instância do Supremo Tribunal Federal (STF).
Justiça

Gilmar Mendes suspende efeitos de veto sobre uso máscara em presídios

A decisão suspende “apenas os efeitos dos vetos feitos por meio de republicação, após o prazo de 15 dias para o exercício da deliberação executiva sobre o projeto de lei”, diz STF.

Cataratas do Iguaçu em Foz do Iguaçu/PR
Geral

Parque Nacional do Iguaçu retoma atividades a partir de hoje

Entre as medidas obrigatórias para acessar a unidade de conservação estão a redução da capacidade do local, aferição da temperatura, o distanciamento entre as pessoas e uso correto da máscara.