Alerj decreta luto de três dias após morte de deputado por covid-19

Gil Vianna tinha 54 anos e estava internado há oito dias

Publicado em 20/05/2020 - 07:02 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O deputado estadual fluminense Gil Vianna (PSL) morreu por complicações decorrentes de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Ele tinha 54 anos e estava internado há oito dias em um hospital particular de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense.

A Assembleia Legislativa do estado do Rio (Alerj) decretou luto, com a suspensão das atividades parlamentares por três dias.

De acordo com a Alerj, Vianna estava em seu primeiro mandato como deputado estadual, tendo sido eleito em 2018 com 28.636 votos. Policial militar reformado, iniciou carreira política há 12 anos como vereador em Campos.

Em todo o estado do Rio de Janeiro, já foram confirmadas mortes de 3.079 pessoas. Ontem, a Alerj havia decidido não autorizar um lockdown (bloqueio total) das atividades não essenciais no estado, com 55 votos dos 70 deputados.

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias