Covid-19: câmeras vão monitorar distanciamento entre as pessoas no Rio

Aparelhos identificarão grupos de pessoas muito próximas

Publicado em 12/05/2020 - 16:16 Por Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

As aglomerações na cidade do Rio passarão a ser monitoradas à distância, com o uso de um programa inteligente. O sistema da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) começa a operar na quarta-feira (13), para verificar o distanciamento entre as pessoas.

Ao todo, são 489 câmeras, que alimentarão um programa detector de aglomerações, identificando grupos de pessoas muito próximas. A informação foi divulgada pela prefeitura nesta terça-feira (12).

“De acordo com a distância entre as pessoas, o software dispara luzes na tela do sistema, indicando o risco que aquele distanciamento representa. A luz verde, indica baixo risco, e acende onde há uma distância mínima de 1,5 metro (m) entre as pessoas; luz laranja, risco médio, para uma distância entre 1,5m e 0,75m e a luz vermelha, que representa alto risco, alerta quando há pessoas com uma distância abaixo de 0,75m entre si”, explicou a CET-Rio.

De acordo com a companhia, quando registrar essa luz vermelha, o Disk-Aglomeração da Secretaria de Ordem Pública (Seop) será acionado e fiscais serão enviados ao local para dispersar o grupo.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias