Covid-19: Rio cria gratificação para médicos que atuarem em UTI

Maior salário é de R$ 21,2 mil

Publicado em 04/06/2020 - 08:15 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro criou hoje (4) uma gratificação para médicos que aceitarem trabalhar nas unidades de terapia intensiva (UTIs) de dois hospitais municipais de referência no tratamento da covid-19: o Hospital Municipal Ronaldo Gazolla e o hospital de campanha do Riocentro.

Com a nova gratificação, o salário para médicos que trabalharem 30 horas por semana será de R$ 21,2 mil.

Para as rotinas de 24 horas, o salário é de 16,2 mil. Já os vencimentos para 12 horas semanais serão de R$ 8,2 mil.

Segundo a prefeitura, a criação da gratificação deve-se à necessidade urgente de contratação de médicos para UTI, no tratamento de casos mais graves da covid-19. 

O edital 081/2020 da RioSaúde foi publicado no Diário Oficial do Município e as inscrições são imediatas.

Regras

“As contratações são pela CLT [Consolidação das Leis Trabalhistas], por tempo determinado, com carteira assinada e todos os direitos garantidos. Os novos valores valem a partir de junho, tanto para os médicos de UTI já contratados para o Ronaldo Gazolla e o Hospital de Campanha no Riocentro, como para aqueles a serem ainda contratados para as duas unidades”.

As inscrições podem ser feitas pelo site da RioSaúde, no link. Quem preferir pode acessar diretamente o formulário de inscrição.

Não serão aceitas inscrições de profissionais a partir de 60 anos de idade ou que se enquadrem em outros grupos de risco para a covid-19.

 

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Para marcar o Dia Mundial do Doador de Sangue, o Ministério da Saúde lança campanha de doação de sangue, no Hemocentro de Brasília.
Saúde

Estudo desenvolve exame para diagnosticar esquizofrenia e bipolaridade

Exame de sangue diferencia os dois transtornos por meio da análise de alterações bioquímicas e moleculares envolvidas em cada uma das doenças.

Rio de Janeiro - Estudantes terminam o segundo dia de provas do Enem, realizado na Uerj.  (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Educação

Uerj abre inscrições para programa de auxílio à inclusão digital

O objetivo é democratizar as condições técnicas para promover o acesso dos alunos à internet, que será iniciado no dia 14 de setembro, com aulas e atividades remotas.

automóveis
Economia

Governo promulga acordo de livre comércio automotivo com o Paraguai

As peças e os veículos vendidos pelos dois países terão tarifas mínimas ou zeradas, mas o intervalo para o livre comércio variará entre os dois países. Os produtos paraguaios terão livre comércio imediato.

O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa no Palácio da Alvorada
Política

Bolsonaro nomeia mais dois membros para a Comissão de Ética Pública

A comissão é composta por sete integrantes que têm mandato de três anos, permitida uma recondução.

Geral

Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza volta de eventos corporativos

De acordo com a prefeitura, até o momento as avaliações permitiram a antecipação de três setores da economia: os shoppings, o comércio de rua e agora os eventos de negócios.

Outbreak of the coronavirus disease (COVID-19), in Sao Paulo
Geral

São Paulo interdita 75 bares nos primeiros dias de abertura noturna

Além do horário, a fiscalização também tem observado se estão sendo colocadas mesas na calçada. A desinterdição deve ser solicitada na subprefeitura da região.