Estado de São Paulo registra 17.848 mortes por covid-19

Dos 645 municípios do estado, 633 registraram óbitos pela doença

Publicado em 12/07/2020 - 17:00 Por Ludmilla Souza - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

O estado de São Paulo já acumula 17.848 óbitos e 371.997 casos confirmados do novo coronavírus, segundo o boletim divulgado hoje (12) pela Secretaria Estadual de Saúde. Dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 633.

Entre o total de diagnosticados com o novo coronavírus, 220.974 estão recuperadas, sendo que 53.100 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 64,6% na Grande São Paulo e 65,9% no estado. O número de pacientes internados é de 14.769, sendo 8.756 em enfermaria e 6.013 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 da manhã de hoje.

Perfil de mortalidade

Entre os que morreram em decorrência do novo coronavírus, 10.319 são homens e 7.529 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,7% das mortes.

A mortalidade é maior entre quem tem entre 70 e 79 anos (4.348), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (4.182) e 80 e 89 anos (3.566). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (23), 10 a 19 anos (34), 20 a 29 anos (144), 30 a 39 anos (594), 40 a 49 anos (1.240), 50 a 59 anos (2.489) e maiores de 90 anos (1.228).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia, 58,5% das pessoas que morreram pela doença sofriam de alguma condição relacioada ao coração. Em seguida, diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (11%) e renal (9,8%), pneumopatia (8,4%). Outros fatores identificados são obesidade (7%), imunodepressão (6,1%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,9%), síndrome de down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 14.302 pessoas que faleceram por covid-19 (80,1%).

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Londrina x Criciúma
Esportes

Empates fecham primeira rodada da Série C

Boa Esporte empatou em 2 a 2 com Volta Redonda, e Londrina (Paraná) também ficou na igualdade, mas sem gols, com o Criciúma.

Rio de Janeiro - O ex-secretário municipal de Obras Alexandre Pinto é preso preventivamente pela Polícia Federal na Operação Rio 40 Graus (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Justiça

Rio: ex-secretário municipal de obras é condenado a 23 anos de prisão

Alexandre Pinto foi condenado a 23 anos de prisão por fraudes na licitação da obra da Transcarioca, via construída para Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Anvisa autoriza mudanças em teste da vacina de Oxford

Alteração permite a aplicação de uma dose de reforço, totalizando duas doses em vez de uma, como originalmente proposto. Medida é devida a estudos que mostram mais eficácia.

Higienização da bola antes do retorno do da Copa do Nordeste, após paralisação por conta da covid-19
Esportes

CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus

Mudança acontece após primeira rodada do Brasileiro, na qual a partida entre São Paulo e Goiás foi adiada um pouco antes do início por conta de casos de coronavírus no elenco do Esmeraldino.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Rio registra 28 mortes e 1.166 novos casos de covid-19 em um dia

Estado acumula mais de 180 mil casos da doença e mais de 14.108 mil mortes. São 28.909 pessoas pessoas internadas por covid-19, sendo que 11.494 em UTI.

coronavirus, Sao Paulo
Saúde

Estudo mostra que 18% dos adultos da cidade de SP já foram infectados

Uma pesquisa mostrou que o número de pessoas infectadas na cidade de São Paulo pode ter chegado a 18% da população adulta - próximo ao número necessário para a imunidade de rebanho.