Hospital Federal da Lagoa vai abrir 50 leitos de UTI para covid-19

Na segunda-feira, 200 profissionais temporários começam a trabalhar

Publicado em 17/04/2021 - 15:19 Por Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O Ministério da Saúde anunciou hoje (17) que o início de 200 profissionais temporários, na próxima segunda-feira (19), vai permitir a abertura de 50 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para covid-19 no Hospital Federal da Lagoa, na zona sul do Rio de Janeiro.

Segundo a pasta, o grupo de profissionais inclui médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, que irão atuar por 60 dias no hospital. A contratação se deu por meio da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus (ALSF) e com o apoio de um grupo de empresários. 

A fila de espera para internação em UTI no estado do Rio de Janeiro tinha 307 pessoas na atualização de ontem (16) do painel da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. A ocupação das UTIs na capital chega a 95%, com 704 pessoas internadas em estado grave e mais 664 em vagas de enfermaria.

O Ministério da Saúde convida profissionais de saúde que tenham interesse em atuar no enfrentamento à pandemia de covid-19 em hospitais e institutos federais da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. Para isso, o profissional interessado deve enviar deve enviar o currículo para o e-mail: ctucovid@saude.gov.br.

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias