Rio de Janeiro vacina quem tem de 26 a 21 anos esta semana

Calendário oficial prevê uma idade por dia

Publicado em 09/08/2021 - 12:29 Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Entrando na reta final da vacinação da população adulta contra a covid-19, a cidade do Rio de Janeiro imuniza hoje (9) pessoas de 26 anos de idade. Seguindo o calendário de uma idade por dia, no sábado (14) será a vez de quem tem 21 anos e, na próxima semana, quem tem 20 anos deve comparecer aos postos na segunda-feira (16), pessoas de 19 anos na terça e as de 18 anos na quarta-feira (18).

A repescagem para quem perdeu o dia reservado para a sua idade só está ocorrendo para quem tem 50 anos ou mais e pessoas com deficiência, além de gestantes e puérperas [mulheres que estão no pós-parto]. Estas pessoas podem comparecer aos postos de vacinação na parte da tarde. A repescagem para todas as idades ocorrerá apenas na semana que vem, de quinta-feira (19) a sábado (21).

No dia 23 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia a imunização contra a covid-19 dos adolescentes de 18 a 12 anos, faixa etária para a qual foi aprovada o uso da vacina da Pfizer.

Ontem, o prefeito Eduardo Paes anunciou que o Ministério da Saúde garantiu o envio de doses para cumprir o calendário de vacinação previsto para a semana.

A SMS ressaltou que o “calendário de vacinação da cidade está condicionado ao cumprimento do cronograma de entregas de vacinas  pelo Ministério da Saúde”. De acordo com a pasta, a cidade recebeu e distribuiu 160.884 vacinas durante a madrugada e há previsão de novas remessas para esta semana. No sábado (7), a secretaria informou que fechou a semana com o recorde de 451 mil doses aplicadas no período.

Doses

No último sábado (7), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro distribuiu 714.440 doses de vacinas contra a covid-19 aos 92 municípios do estado. As doses foram recebidas do Ministério da Saúde na noite de sexta-feira.

Segundo a SES, foram distribuídas 174 mil doses do imunizante Oxford/AstraZeneca, produzidas pela Fiocruz, para serem aplicadas como primeira dose e 135.440 para a segunda aplicação. Da Pfizer, foram 252.720 para a primeira dose e 57.330 para a segunda. O lote incluiu ainda 7.700 doses da Janssen, que tem aplicação única.

Outras 87.250 doses da Oxford/AstraZeneca foram entregues sem informe técnico do Ministério da Saúde quanto à indicação de uso. Segundo a SES, o estado está com 62% da população imunizada com a primeira dose e 27% com o esquema completo.

De acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura, nas últimas quatro semanas, apenas 5% das pessoas que se internaram por covid-19 tomaram ao menos uma dose da vacina. Os outros 95% são pessoas que não tomaram nenhuma dose.

Ouça a Rádioagência Nacional

Confira outras notícias na Rádioagência Nacional

 

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias