Governo de Minas Gerais flexibiliza uso de máscaras em locais abertos

Municípios terão autonomia para definir regras de uso da proteção

Publicado em 10/03/2022 - 17:21 Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O governo de Minas Gerais retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em locais abertos de todo o estado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (10) pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti. A decisão passa a valer a partir de sábado (12).

De acordo com o secretário, os municípios terão autonomia para decidir sobre o tema. Para a equipe técnica do governo estadual, porém, o momento é seguro para a flexibilização no uso do equipamento de proteção individual.

O secretário disse que a decisão está baseada no quadro de projeção de quedas de casos nos próximos dias, e do fato de há mais de seis meses o estado está em onda verde, ou seja, um cenário controlado. Ele disse ainda que a vacinação completa no estado com duas doses está acima de 80% e o reforço acima de 40%. “A recomendação do estado é que cada município possa desobrigar o uso de máscara em locais abertos a partir de sábado”.

Baccheretti explicou que a orientação da pasta é que cada município verifique se sua cidade já atingiu pelo menos 80% da população vacinada com duas doses para poder optar pela flexibilização.

Atualmente, o estado de Minas Gerais tem mais de 86% da população totalmente imunizada com as duas doses, ou dose única, e cerca 45% com a dose de reforço. Desde o início da pandemia da covid-19, mais de 61 mil pessoas morreram em decorrência da infecção no estado.

Ao menos outras nove capitais já flexibilizaram parcial ou totalmente o uso de máscaras. Rio de Janeiro e Brasília, por exemplo, liberaram o uso inclusive em locais fechados.

Edição: Fernando Fraga

Últimas notícias