Últimas notícias ABL

Acadêmico Alberto da Costa e Silva
Geral

Morre, no Rio, o historiador e acadêmico Alberto Costa e Silva

Segundo a escritora e acadêmica Ana Maria Machado, além de historiador e africanista incomparável e exemplar, Alberto Costa e Silva foi bom poeta e excelente memorialista.

Ailton Krenak, pensador, ambientalista, filósofo, poeta e escritor mineiro, é o primeiro indígena eleito à Academia Brasileira de Letras. Foto: Wikimedia/Coletivo Garapa
Geral

Ter indígena na ABL é admitir 200 línguas diferentes, diz Krenak

Em entrevista exclusiva à Agência Brasil e à Rádio Nacional, Escritor e filósofo se disse "muito surpreso" com a escolha de seu nome. Ailton não acompanhou a votação na sede da ABL e estava em um táxi, quando recebeu a ligação com a notícia.

Ailton Krenak, pensador, ambientalista, filósofo, poeta e escritor mineiro, é o primeiro indígena eleito à Academia Brasileira de Letras. Foto: Wikimedia/Coletivo Garapa
Geral

Escritor e ativista indígena Ailton Krenak é novo imortal da ABL

É o primeiro indígena a ocupar uma cadeira na instituição, ao vencer a historiadora Mary del Priore e o escritor Daniel Munduruku.

O historiador e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), José Murilo de Carvalho, morreu na madrugada deste domingo (13) no Rio. Ele tinha 83 anos e estava internado no Hospital Samaritano com Covid. Foto: Arquivo/ABL
Geral

Morre no Rio, aos 83 anos, o acadêmico José Murilo de Carvalho

Entre as 19 obras escritas por José Murilo de Carvalho, eleito para a ABL em 2004, estão A formação das almasA cidadania no Brasil, e Os bestializados.

Rio de Janeiro (RJ) – Heloisa Teixeira, a nova imortal da ABL, faz prova do fardão. Foto: Toca Seabra/Divulgação ABL
Geral

Heloísa Teixeira toma posse na Academia Brasileira de Letras

Usando o sobrenome da mãe, e não o Buarque de Hollanda do marido, Heloísa citou a disparidade de gênero encontrada na ABL. "Apenas dez mulheres foram eleitas acadêmicas contra um total de 339 homens."