Últimas notícias CAMEX

Presidente da República Jair Bolsonaro, durante videoconferência com Governadores do Sudeste.
Política

Governo zera imposto de importação de medicamentos contra a covid-19

No Twitter, presidente Jair Bolsonaro disse que medida visa facilitar o combate à covid-19. Medicamentos são para uso exclusivo em hospitais e em pacientes.

Economia

Exportadores enviam carta a ministros contra redução do Reintegra

O Fórum de Competitividade das Exportações (FCE), associação que reúne os 55 maiores exportadores do país, enviou carta a cada um dos oito ministros que compõem o conselho da Câmara de Comércio Exterior (Camex) pedindo a recomposição do crédito tributário concedido às empresas

Economia

Camex estuda abertura de contencioso sobre embargo da UE ao frango

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) autorizou hoje (25), por unanimidade, o início de estudos para abertura de contencioso na Organização Mundial do Comércio (OMC) contestando barreiras impostas pela União Europeia (UE) à carne de frango brasileira.

Economia

Camex não aplicará medidas protetivas na importação de aço da China e Rússia

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu nesta quinta-feira (18) não aplicar medidas de proteção contra laminados de aço vendidos por empresas da China e da Rússia ao Brasil. Se aplicada, a medida restringiria a prática de dumping, em que empresas vendem produtos com um preço abaixo do valor do mercado tendo assim vantagens sobre os produtos nacionais. Segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, a Camex decidiu, por enquanto, investigar a atuação de cinco empresas suspeitas de praticar preços artificialmente reduzidos, o que é proibido pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Economia

Camex zera alíquotas de importação para bens de informática e telecomunicações

As alíquotas do Imposto de Importação para bens de informática e telecomunicações e de bens de capital sem produção no Brasil foram reduzidas de 16% e 14% para 0. A decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) foi publicada hoje (14) no Diário Oficial da União. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a decisão reduz custos e incentiva novos investimentos produtivos no valor de US$ 2,4 bilhões em diversas regiões.