Últimas notícias contingenciamento

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, apresenta o projeto da proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.
Economia

Governo trabalha para evitar paralisação de serviços, diz secretário

Apesar do novo contingenciamento (bloqueio de verbas) de R$ 1,44 bilhão, o governo trabalha para evitar a interrupção de serviços públicos, di

Briefing do porta-voz da Presidência; Otávio do Rêgo Barros
Política

Planalto: bloqueio orçamentário não inviabiliza atividades

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, afirmou hoje (22) que o contingenciamento de mais R$ 1,44 bilhão, anunciado mais cedo pelo

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa sobre o saque do FGTS, após encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes.
Economia

Governo não deve fazer novo contingenciamento, diz Onyx

Previsto para ser anunciado na segunda-feira (22), o novo Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas não deve trazer um novo contingenciamento, disse hoje (18) o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Solenidade de Posse da Professora, Denise Pires de Carvalho, no Cargo de Reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ
Educação

Reitora da UFRJ apresenta plano de ação nesta quinta-feira

Primeira mulher empossada na reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em 99 anos, a professora do Instituto de Biofísica da instituição, Denise Pires de Carvalho, convocou para esta quinta-feira (4) uma reunião extraordinária do primeiro Conselho Universitário.

Justiça

TRF1 mantém bloqueio de verbas de universidades

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) aceitou nesta quarta-feira (12) recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e derrubou a decisão da Justiça Federal da Bahia que suspendeu, na semana passada, o contingenciamento de verbas de universidades federais e de outras instituições públicas de ensino. Na decisão, o desembargador Carlos Moreira Alves, presidente do tribunal, entendeu que não há ilegalidades no bloqueio temporário de recursos, que também ocorreu nos demais órgãos do Poder Executivo, não somente no Ministério da Educação, segundo o magistrado.