Últimas notícias CPMF

Entrevista coletiva do ministro da economia, Paulo Guedes
Economia

Ministro descarta CPMF, mas confirma estudar imposto sobre transações

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que a equipe econômica estuda a criação de um imposto sobre transações para financiar a desoneração da folha de pagamento. Ele negou o retorno da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que incidia sobre transações financeiras para financiar a saúde.

 A comissão mista que analisa a Medida Provisória 870/19 realiza reunião para votação do relatório do senador Fernando Bezerra Coelho  sobre o assunto.
Política

Nada está descartado, diz líder do governo sobre volta da CPMF

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) disse nesta quarta-feira (18) que a criação de um imposto sobre transações financeiras, nos moldes da antiga CPMF, não deve entrar na reforma tributária em 2020, mas admitiu que a ideia não está descartada. “Não se descarta nenhuma alternativa que possa ser trazida à mesa, mas todo mundo está desafiado a encontrar uma solução sem imposto de transação [ financeira]”, explicou.

 O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa do Fórum de Investimentos Brasil, no WTC Events Center.
Economia

Guedes diz esperar alternativa de arrecadação para desonerar folha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (10) que espera uma nova proposta para manter a arrecadação e desonerar a folha de pagamentos.

Política

No Twitter, Bolsonaro descarta recriação da CPMF e aumento de tributos

O presidente Jair Bolsonaro descartou hoje (11), em mensagem no Twitter, a recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) ou o aumento da carga tributária.

 O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, após reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o senador Tasso Jereissati na residência oficial da presidência da Câmara.
Política

Alcolumbre é contra novo imposto sobre movimentação financeira

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse hoje (11) que é contrário à criação de um imposto no formato da antiga Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF). Para ele, os brasileiros estão "não aguentam mais" pagar impostos.