Últimas notícias saúde

Crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 são vacinadas no posto de saúde Heitor Beltrão, na Tijuca, zona norte do Rio, para receber a dose contra a pólio e contra o sarampo.
Saúde

Covid-19: R$ 17 bi em recursos paralisados serão investidos na saúde

Valores devem ser usados em ações de custeio e de investimentos até 31 de dezembro de 2024

DENGUE - Vacina contra a dengue Qdenga que chegará ao Brasil é fabricada pela farmacêutica Takeda em Singen, na Alemanha. Foto: Takeda/Divulgação
Saúde

Dengue: GO e DF já receberam doses para crianças de 10 e 11 anos

A secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, lembrou que o Brasil é o primeiro país no mundo a incorporar a imunização contra a dengue na rede pública.

Médicos chegam ao local de prova para a segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020, em Brasília.
Educação

Inscrições para primeira etapa do Revalida terminam nesta sexta

Provas objetiva e discursiva serão aplicadas no dia 17 de março em 10 cidades brasileiras. interessados devem se inscrever no site do Inep.

Brasília (DF), 01/02/2024 - A ministra da Saúde, Nísia Trindade, participa da reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT),  na sede da Organização Pan-americana da Saúde (Opas), em Brasília. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Saúde

Saúde anuncia centro de emergência para conter epidemia de dengue

Em reunião na Opas, ministra voltou a dizer que vacinação contra doença não pode ser vista como solução para epidemia por causa da limitação de doses cedidas pelo laboratório fabricante.

 Rios contaminados têm coloração e margem afetadas pela atuação de garimpo ilegal na região do Surucucu, dentro da Terra Indígena Yanomami, Oeste de Roraima, avistados em sobrevoo da Força Aéra Brasileira para lançamendo de suprimentos. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Geral

Garimpo desacelera, mas segue inviabilizando saúde do povo Yanomami 

Relatório mostra que atividades criminosas continuam ocorrendo, inviabilizando o atendimento à saúde e causando mortes. Em 2023, 308 indígenas morreram.