Últimas notícias Sílvio Almeida

Rio de Janeiro (RJ), 30/11/2023 - O ministro, Silvio Almeida, participa de solenidade em que  ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) lança  o projeto de sinalização e reconhecimento de lugares de memória dos africanos escravizados no Brasil, no Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira (Muhcab), localizado no Cais do Valongo,centro da cidade. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Direitos Humanos

Direitos humanos precisam de políticas de memória, diz ministro

No Rio, Sílvio Almeida lança projeto Sinalização e Reconhecimento de Lugares de Memória dos Africanos Escravizados. Objetivo é dar visibilidade à história da matriz africana no país. 

Brasília (DF) 08/11/2023 – O ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), Sílvio Almeida, é o convidado do programa na Empresa Brasil de Comunicação (EBC) - `DR com Demori.
Foto: Joédson Alves/Agência Brasil
Geral

DR com Demori aborda relações raciais e diversidade com Silvio Almeida

Ministro destaca a paixão por música, como o samba e o jazz fala de ancestralidade e de pertencimento. Programa vai ao ar nesta terça-feira, às 22h.

Esportes

Final da Copa do Brasil terá campanha de combate ao racismo

Ação no Morumbi contará com as presenças dos ministros Silvio Almeida (Direitos Humanos e da Cidadania), Anielle Franco (Igualdade Racial) e André Fufuca (Esporte).

Brasília (DF), 22/08/2023, - Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), Silvio Almeida da posse aos 36 novos membros do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDPI)
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Direitos Humanos

Conselho da pessoa idosa tem 36 novos integrantes empossados

Maior participação social permitiu a representação de segmentos como da igualdade racial, população LGBTQIA+, mulheres e povos originários no colegiado.

Cariacica (ES), 21.08.2023 - Ministro Silvio Almeida inicia Caravana dos Direitos Humanos com visita à unidade socioeducativa de Cariacica (ES). Foto: Ruy Conde/MDHC
Direitos Humanos

Caravana dos Direitos Humanos começa em unidade socioeducativa do ES

Objetivo é ajudar atores locais a enfrentar e superar violações como tortura, precarização das prisões, elevados índices de morte violenta e até casos de prisões ilegais.