Justiça determina fim da greve dos professores da rede pública do DF

Publicado em 25/02/2015 - 19:02 Por Da Agência Brasil - Brasília

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios determinou hoje (25) a imediata interrupção da greve dos professores da rede pública, iniciada na última segunda-feira (23). Com a decisão do desembargador João Egmont, o governo do Distrito Federal (GDF) está autorizado a cortar o ponto dos grevistas.

O desembargador determinou o retorno de todos os docentes às salas de aula e a liberação irrestrita do acesso às escolas, tanto para servidores quanto para a população. Para cada caso de desobediência à ordem judicial, em cada uma das unidades de ensino, o juiz estabeleceu multa diária de R$ 50 mil, que deverá ser paga pelo Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF).

A ação foi ajuizada pelo GDF contra o sindicato. O governo argumentou que a greve trazia prejuízos a milhares de crianças e adolescentes. A paralisação afeta mais de 460 mil alunos, e 95% dos 27 mil professores da rede pública aderiram ao movimento, de acordo com o governo. O GDF acrescentou, segundo a Justiça, que está empenhado em buscar recursos para o pagamento de salários e direitos atrasados dos professores. Adiantou que obteve autorização da Câmara Distrital para antecipar R$ 400 milhões de receita em abril.

O desembargador João Egmont marcou para o dia 5 de março uma audiência de conciliação entre representantes do Sinpro-DF e do GDF.

Com benefícios como abono de férias e décimo terceiro salário atrasados, os professores da rede pública do DF decidiram, na última segunda-feira (23), fazer uma paralisação até sexta-feira (27), quando a categoria se reuniria para discutir os rumos do movimento.

Os valores atrasados são referentes ao fim do ano passado e somam quase R$ 200 milhões, de acordo com o GDF. Do total, R$ 35 milhões já foram pagos e mais R$ 35 milhões serão pagos ainda este mês. A proposta do governo de Rodrigo Rollemberg - de pagar os atrasados em parcelas que vão até junho - não agrada aos professores. Por isso, eles decidiram pela greve.

Em nota, o Sinpro-DF informa que ainda não foi notificado da decisão judicial, mas que vai recorrer. “Ressaltamos que a categoria, durante assembleia-geral de 23 de fevereiro, decidiu suspender as aulas para aguardar a decisão da próxima rodada de negociação, agendada pelo próprio GDF para o dia 27 de fevereiro, às 10h. Em seguida, à tarde, os professores vão se reunir em assembleia a fim de avaliar a proposta do GDF”.

* Matéria atualizada às 19h32 para acréscimo de informações

Edição: Stênio Ribeiro

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Destruição provocada por explosão em Beirute
Internacional

Líbano lida com devastação feita por explosões no porto

O grande número de feridos levou a uma superlotação dos hospitais de Beirute, informou a Cruz Vermelha. O presidente do Líbano anunciou recursos de US$ 66 milhões em fundos de emergência.

Internacional

Vendedores e consumidores enfrentam riscos em mercado de Caracas

No maior mercado de produtos agrícolas da capital venezuelana, as pessoas dão pouca atenção às regras de distanciamento, embora muitos usem máscaras

São Paulo - Comitê Paralímpico Brasileiro anuncia os 25 atletas convocados para a seleção que participará do Mundial de Paratletismo Londres 2017, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (Rovena Rosa/Agência Brasil)
Esportes

Bolsa Atleta: divulgada lista de contemplados no programa

Ao todo são 109 atletas contemplados de modalidades que fazem parte dos programas Olímpico e Paralímpico, referente ao pleito 2019.

10/08/2019 - 2 Nacional de Atletismo - Circuito Loterias Caixa de Atletismo - Centro Paralímpico Brasileiro - São Paulo (SP) - Detalhe de um atleta segurando um disco durante a prova de Lançamento de Disco - Masculino
Esportes

Lançamento de disco: falta de competições preocupa Fernanda Borges

Enquanto brasileira treina com restrições por causa da pandemia do novo coronavírus no Brasil, estrangeiras já retornaram a torneios.

Parque Nacional do Itatiaia
Geral

Parque Nacional do Itatiaia inicia hoje reabertura gradual

Por enquanto, atrações da parte alta, como o Pico das Agulhas Negras, o Maciço das Prateleiras e a Cachoeira de Aiuruoca, além do camping, continuam fechados. 

Auxiliares de limpeza trabalham em hospital no combate à covid-19
Saúde

Auxiliares de limpeza contam sua rotina em hospital durante pandemia

Maria Berenice diz que o cuidado com a limpeza aumentou ao ficar na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus. "Significou ver de perto o sofrimento das pessoas".